Publicado 13 de Janeiro de 2022 - 8h48

Por Do Correio Popular

O motorista foi levado para a Delegacia de Plantão de Limeira e vai responder por embriaguez ao volante

Reprodução

O motorista foi levado para a Delegacia de Plantão de Limeira e vai responder por embriaguez ao volante

Um ônibus de transporte por aplicativo tombou na noite de anteontem, na Rodovia Anhanguera, em Limeira. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, seis passageiros ficaram feridos. O motorista havia consumido bebida alcoólica. O teste do bafômetro deu bem acima do limite.

O acidente ocorreu no km 147 da estrada, no sentido interior, por volta das 22h. O ônibus bateu primeiro em uma barreira de proteção de uma obra que está sendo realizada no local. Logo em seguida, o veículo atravessou a pista e também se chocou contra a mureta do canteiro central. O ônibus havia saído de Itápolis com destino à capital paulista.

Para os policiais, o motorista disse que um dos pneus do ônibus estourou, provocando o acidente, mas a versão não convenceu os agentes. O homem fez o teste do bafômetro e o resultado apontou 0,85 miligramas de álcool por litro de sangue, bem acima do limite permitido por lei, que é 0,34.

Além do motorista, os seis passageiros tiveram ferimentos leves, entre eles uma criança de 10 anos que estava com a família.

As vítimas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e pelo Corpo de Bombeiros, sendo encaminhadas para dois hospitais de Limeira. O motorista foi levado para a Delegacia de Plantão de Limeira e vai responder por embriaguez ao volante.

A empresa Buser, que faz o transporte de ônibus por aplicativo, informou por meio de nota que lamenta profundamente o acidente ocorrido na Rodovia Anhanguera e comunica que decidiu banir da plataforma o motorista da fretadora parceira por desrespeito ao Código de Trânsito Brasileiro.

O texto comunica que em virtude dessa ocorrência, a startup decidiu realizar as operações de fiscalização por amostragem nos embarques para garantir ainda mais segurança aos passageiros. E ainda promover reciclagem para todos os motoristas da empresa Brisa, além de aplicar uma multa severa e abrir sindicância interna para acompanhar os resultados da perícia técnica.

Escrito por:

Do Correio Popular