Publicado 12 de Janeiro de 2022 - 9h31

Por Thifany Barbosa/ Correio Popular

Imagens da câmera de segurança da loja flagraram o assaltante recolhendo os equipamentos das prateleiras do estabelecimento com agilidade

Reprodução/Vídeo

Imagens da câmera de segurança da loja flagraram o assaltante recolhendo os equipamentos das prateleiras do estabelecimento com agilidade

Uma loja de informática foi invadida e furtada na madrugada de ontem, em Campinas. O estabelecimento está localizado na Avenida João Jorge, próximo ao Batalhão da Polícia Militar, mas isso não foi um empecilho para os criminosos, que deixaram um prejuízo de cerca de R$ 35 mil ao comerciante. O crime ocorreu por volta das 2h e as câmeras do circuito de segurança flagraram o momento em que os três homens arrombaram as portas da loja e invadiram o comércio.

Nas imagens, é possível ver que os suspeitos rapidamente começam a recolher os aparelhos e equipamentos que estão nas prateleiras. Um dos bandidos segue até o caixa da loja e tenta encontrar algo de valor. O trio saiu por alguns instantes e depois entraram novamente no estabelecimento para recolher mais um notebook. Toda a ação levou apenas um minuto.

Entretanto, 10 minutos após, uma outra pessoa, acompanhada de um cachorro, também invade a loja. Ele vasculha o estabelecimento e leva mais aparelhos. A polícia acredita que esse suspeito não faça parte da primeira quadrilha. Possivelmente ele aproveitou a oportunidade das portas arrombadas para tirar vantagem também.

Segundo os funcionários do comércio, o prejuízo foi de aproximadamente R$ 35 mil e as prateleiras ficaram praticamente vazias.

Foram levados 27 notebooks usados, dos quais 22 estavam catalogados para serem vendidos. Além disso, um havia sido deixado por um cliente para conserto.

Ainda de acordo com informações do estabelecimento, o seguro não cobre equipamentos usados e serão ressarcidos apenas os danos materiais da loja.

A audácia dos criminosos surpreende, visto que a loja fica localizada a menos de 50 metros de um Batalhão de Polícia Militar.

Segundo a proprietária do estabelecimento, o local conta com um sistema de alarme, que foi desativado pelos criminosos, sendo acionado somente quando a polícia já estava no local.

Para ela, o furto deixa um profundo sentimento de desânimo, porque o prejuízo foi grande e será necessário repor os equipamentos levados. Um Boletim de Ocorrência foi registrado no 1º Distrito Policial de Campinas, na Avenida Andrade Neves.

Escrito por:

Thifany Barbosa/ Correio Popular