Publicado 05 de Janeiro de 2022 - 9h06

Por Thifany Barbosa/ Correio Popular

Chácara com piscina que foi alugada pela quadrilha no bairro Cidade Singer, em Campinas, para as ações criminosas

Polícia Militar

Chácara com piscina que foi alugada pela quadrilha no bairro Cidade Singer, em Campinas, para as ações criminosas

Um idoso de 65 anos conseguiu fugir de um sequestro depois de passar cerca de 5 horas refém de uma quadrilha, na noite de anteontem, em Campinas. Um dos criminosos foi preso pela Polícia Militar, porém, os outros envolvidos permanecem foragidos.

A vítima foi abordado por volta das 14h30 por quatro criminosos, na estrada que dá acesso ao Clube de Campo de Valinhos, para onde a vítima rumava.

De acordo com o idoso, que dirigia uma caminhonete, ele foi colocado no banco de trás do veículo, cuja direção foi assumida por um dos assaltantes.

Segundo a Polícia Militar, o homem foi levado para dois cativeiros, sendo o segundo uma chácara que foi alugada pelos criminosos no bairro Cidade Singer, em Campinas.

O idoso relatou que foi agredido pelos criminosos, que usavam de violência para arrancar mais dinheiro. “Deram-me pancada, coronhada, chute... enfiavam dedo no meu olho... Queriam dinheiro e ameaçavam cortar meu dedo...", narrou.

A quadrilha se dividiu, sendo que parte dela ficou responsável por tomar conta do idoso, enquanto a outra parte realizava as extorsões, usando os cartões bancários e o celular da vítima. Eles queriam dinheiro.

Tentaram fazer transferências bancárias e ligaram para a família do homem para exigir resgate dele por R$ 300 mil.

A família acionou a PM, mas, antes da chegada dos policiais, a vítima conseguiu fugir do cativeiro. Durante a fuga, o idoso sofreu ferimentos em um dos braços e na mão. “Largaram-me sozinho com um meliante só. No momento em que ele deu uma saída, consegui me desamarrar e fugi correndo pela rua, pedindo socorro. Pensei comigo: vou ter que correr, se não, estou morto", contou.

Com os seus apelos, a vítima chamou a atenção de moradores, que acionaram a equipe que já estava na residência do idoso com a família dele. A viatura rumou para o local.

Durante o deslocamento, a equipe do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) conseguiu prender um dos criminosos, que tentava fugir, e apreendeu uma arma.

O acusado preso já tinha passagem por roubo e receptação e agora também vai responder por sequestro. Ele passaria por audiência de custódia ontem. O dinheiro levado da carteira, os cartões de crédito e débito e a caminhonete da vítima não foram localizados.

Escrito por:

Thifany Barbosa/ Correio Popular