Publicado 30 de Novembro de 2021 - 9h30

Por Thifany Barbosa/ Correio Popular

PMs se concentram no Centro para iniciar as atividades da

Kamá Ribeiro

PMs se concentram no Centro para iniciar as atividades da "Operação Natal Seguro": ideia é a de oferecer mais segurança ao consumidores e comerciantes

A Guarda Municipal, em parceria com a Polícia Militar, Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo (Seplurb), Serviços Técnicos Gerais (Setec) e Assistência Social, iniciaram, na tarde de ontem, a “Operação Natal Seguro”. A ação ocorrerá durante todo o mês de dezembro, tendo como foco principal a segurança da população e do comércio na área central de Campinas.

No primeiro dia, os órgãos vistoriaram 12 estabelecimentos, quando fecharam um bar e lacraram um comércio de sucatas.

Segundo o subcomandante Gama, da Guarda Municipal, a operação tem por objetivo proporcionar maior segurança para os consumidores realizarem as compras de fim de ano no Centro da cidade e também aos comerciantes, que trabalham de forma integral neste período.

“A quantidade do efetivo mobilizada não é divulgada por uma questão estratégica, mas foi ampliado o patrulhamento na área central, em um horário estendido, e contando com a presença de guardas do canil e de motocicletas”, afirmou o subcomandante.

Na ação, as equipes estarão concentradas em locais que registram maior volume de circulação de pessoas, como a Rua 13 de Maio, os terminais e pontos de ônibus. Porém, haverá agentes em todas regiões.

Para o tenente-coronel, comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar, Adriano Augusto, a operação é de extrema importância, tendo em vista a retomada do comércio e a volta da população às ruas, o que chama a atenção dos bandidos, que se aproveitam da distração e correria dessas horas para realizas os crimes.

Por isso, as corporações lembram que é de suma importância que as pessoas façam boletins de ocorrência, visto que é por meio dessas informações que a Segurança Pública consegue traçar e mapear locais onde a intensidade dos crimes são elevadas, conseguindo oferecer um combate mais efetivo.

Outra operação

Durante a “Operação Natal Seguro”, os órgãos realizam também a fiscalização a estabelecimentos ilícitos, com o objetivo de prevenir e reprimir crimes de receptação e tráfico de droga. “A intenção é a de verificar comércios que, por ventura, estejam funcionando ilegalmente e, assim, fazer as atuações necessárias e até mesmo lacrá-los. Essa fiscalização continuará durante toda operação”, informou o tenente-coronel.

Segundo o Secretário de Segurança, Christiano Biggi Dias, com o aumento significativo dos roubos de fios e cabos no Centro, a operação também buscará reduzir esse índice de criminalidade, rompendo a linha com os receptadores. “Estamos com um trabalho robusto para combater esse tipo de crime. A Setec e a Seplurb estão apoiando a polícia e a GM nessa questão de fiscalização”, afirmou.

Escrito por:

Thifany Barbosa/ Correio Popular