Publicado 23 de Novembro de 2021 - 10h04

Por Thifany Barbosa/ Correio Popular

Nas imagens aparece o motoboy que deu início à confusão de trânsito, mas o entregador atropelado foi outro, que nada tinha a ver com a briga

Reprodução

Nas imagens aparece o motoboy que deu início à confusão de trânsito, mas o entregador atropelado foi outro, que nada tinha a ver com a briga

Um dos motoristas suspeitos de envolvimento em uma briga de trânsito entre motoboys e dois condutores de veículos foi identificado pela Polícia Civil na tarde de ontem. A confusão ocorreu na tarde do último domingo, no Taquaral, em Campinas, e terminou com uma pessoa gravemente ferida.

Segundo o delegado responsável pela ocorrência, José Carlos Fernandes, o primeiro motorista identificado era o que estava conduzindo o veículo Mitsubishi/Pajero. O outro envolvido, que dirigia uma caminhonete Hillux, ainda não foi identificado, mas a polícia acredita que os autores se conhecem.

A confusão começou no semáforo da Avenida Almeida Garret, esquina com a Rua Fernão Lopes, no Jardim Nossa Senhora Auxiliadora, com uma discussão. Testemunhas que estavam no local filmaram a briga e, nas imagens, que viralizaram nas redes sociais, é possível ver que houve uma discussão de trânsito, quando o motorista de Pajero e um motoboy discutem em um semáforo. Após alguns minutos, o motociclista agride o homem com o capacete.

A partir daí, o motorista do veículo ficou enfurecido e, em atitude desproporcional ao ocorrido, avançou com o carro para cima do motoboy, atropelando-o.

O homem continuou perseguindo e tentando atingir o motoboy várias vezes. Em uma das tentativas, o acusado bateu o carro em um poste e voltou de ré visando a atingir o rapaz.

Na sequência, o motorista desceu do seu carro e os dois entraram em luta corporal. Depois disso, um motoboy acompanhou o condutor do veículo Pajero até a sua casa e a perseguição continuou pelas ruas do bairro.

Chegando na residência do suspeito, apareceu outro automóvel, um veículo modelo Toyota Hilux, iniciando uma outra confusão, cujo motorista atingiu um terceiro motoboy, que, de acordo com testemunhas, estava parado, aguardando para fazer uma entrega, e não tinha envolvimento com a confusão.

A vítima de 36 anos ficou gravemente ferida e teve fratura exposta na perna, lesão no ombro e quebrou todos os dentes da frente. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp. Segundo informações, passado por pelo menos uma cirurgia ainda ontem.

A motocicleta da vítima ficou destruída. Além dos motoboys, duas mulheres, de 36 e 66 anos, tiveram seus automóveis danificados.

De acordo com o delegado, o caso foi registrado no 4º Distrito Policial como tentativa de homicídio e periclitação (crime em que alguém cria uma situação perigosa para lesar ou prejudicar a vida ou a saúde de outra pessoa).

A Polícia Civil vai investigar o motivo que deu início à discussão. “Um inquérito já foi instaurado, estamos na fase de investigação e na busca de novas imagens. Durante a semana, ouviremos os depoimentos dos envolvidos”, pontuou José Carlos Fernandes. 

Escrito por:

Thifany Barbosa/ Correio Popular