Publicado 17 de Novembro de 2021 - 9h20

Por Do Correio Popular

A equipe da Polícia Militar foi acionada por volta das 20h30 para atender a uma ocorrência de violência doméstica

Cedoc

A equipe da Polícia Militar foi acionada por volta das 20h30 para atender a uma ocorrência de violência doméstica

Um homem de 28 anos foi preso por agredir a mãe e um amigo da família, na noite de anteontem, no bairro Parque Residencial Jaguari, em Americana. O agressor justificou a ação alegando que recebeu uma ordem divina.

A equipe da Polícia Militar foi acionada por volta das 20h30 para atender a uma ocorrência de violência doméstica. Ao chegarem no local, os agentes deparam com o rapaz ajoelhado em cima de um homem, que foi identificado como um amigo da família, desferindo diversos socos na região do rosto. A vítima não conseguia mais reagir.

Os agentes tiveram que utilizar de força para conter o agressor e tirá-lo de cima do homem, que já estava machucado. Segundo a mãe do rapaz, ele teria a ameaçado durante todo o dia pelo telefone.

A mãe, uma mulher de 55 anos, relatou que seu filho entrou em sua residência, uma pensão, e a obrigou a ir embora com ele até o seu apartamento. Depois de agredi-la, o autor ainda atacou um ajudante de 44 anos. Em entrevista informal com o acusado, o mesmo garantiu que “Deus queria que ele fizesse todas aquelas coisas”. As vítimas foram encaminhadas ao Hospital Municipal de Americana.

Foram solicitados exames periciais ao Instituto Médico Legal (IML). Em seguida todos foram conduzidos 1º Distrito Policial de Americana, onde o caso foi registrado como violência doméstica e lesão corporal. O indivíduo foi preso em flagrante, permanecendo à disposição da Justiça.

Escrito por:

Do Correio Popular