Publicado 14 de Outubro de 2021 - 9h42

Por Do Correio Popular

Policiais militares durante atendimento ao crime no condomínio: suspeito foi preso a algumas quadras dali

Mateus Medeiros/Gazeta de Piracicaba

Policiais militares durante atendimento ao crime no condomínio: suspeito foi preso a algumas quadras dali

Uma mulher de 42 anos foi morta a facadas na manhã de ontem, dentro do seu apartamento em um condomínio na Rua Silva Jardim, bairro Alto, em Piracicaba. O acusado pelo feminicídio é o namorado da vítima, que foi preso horas depois.

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe foi acionada pelo 190 para atender a uma ocorrência de homicídio. Ao chegarem ao local informado, os agentes avistaram a mulher caída dentro do apartamento, em uma cama.

A perícia médica foi chamada ao local e constatou o óbito. A maioria dos ferimentos se concentrava na região do tórax e também no rosto e pescoço, segundo os policiais.

Por meio de imagens das câmeras de segurança do prédio, a polícia conseguiu ver as roupas que o suspeito do crime usava, além das suas características físicas. O homem já tinha antecedentes criminais, com várias passagens pela polícia por roubo, furto e tráfico de drogas.

Ainda, segundo a PM, o criminoso, de 41 anos, trocou de roupa depois de executar a namorada e preparou uma mochila para a fuga. Ele esperava por alguém no cruzamento da Avenida Independência com a esquina da Regente Feijó, a cerca de duas quadras do local do feminicídio.

O acusado foi preso e levado à Delegacia de Defesa da Mulher de Piracicaba, onde o caso foi registrado e será investigado. Ele teria confessado o crime e dito que o casal brigava com frequência.

Escrito por:

Do Correio Popular