Publicado 19 de Agosto de 2021 - 14h45

Por Delfin / Caderno C

Foto de Kamá Ribeiro em comemoração ao Dia da Fotografia

Kamá Ribeiro

Foto de Kamá Ribeiro em comemoração ao Dia da Fotografia

Em um dia como hoje, no ano de 1839, o governo da França deu ao mundo um presente cuja importância talvez nem mesmo ele antevisse: ao adquirir a patente da câmera de daguerreótipo inventada pelo químico e artista Louis Daguerre e liberar seu uso sem qualquer cobrança monetária para qualquer pessoa, o mundo começaria a registrar a sua história por meio de imagens. Tamanha é a importância deste ato que, todos os anos, em 19 de agosto, é comemorado o Dia Mundial da Fotografia.

Foto de Ricardo Lima em comemoração ao dia do fotografo

Campinas possui uma relação especial com o registro de imagens. Afinal, foi na cidade que o francês Antoine Hercule Romuald Florence, com o auxílio do amigo e boticário Joaquim Correia de Mello, inventou em 1832 o processo que ele batizou de “photographia”, muitos anos antes da mesma palavra ser cunhada em inglês e popularizada por Sir John Herschel. Para todos os efeitos, Hércules Florence (como passou a ser conhecido na cidade) é um dos pais da fotografia, ainda que as circunstâncias e a parca documentação tenham atrasado o reconhecimento mundial acerca de seu feito.

Foto Kamá Ribeiro em comemoração do dia do fotografo

 

O processo fotográfico mudou muito nesses quase dois séculos de história. A evolução dos equipamentos permitiu que os horizontes cada vez mais fossem ampliados e que, a cada dia, mais e mais pessoas estivessem aptas a captar a história de suas vidas através de imagens. Com o advento do registro imagético digital, há algumas décadas, era apenas uma questão de tempo até que todos tivessem uma câmera á disposição, o que aconteceu quando o equipamento foi definitivamente integrado aos telefones celulares. A fotografia passou a ser instantânea, podendo ser imediatamente publicada na internet e gerando uma nova relação interpessoal com a imagem. A título de exemplo, em abril de 2021, 80 milhões de fotografias e vídeos são postados todos os dias no Instagram, a principal rede social baseada em imagens do mundo.

Foto de Diogo Zacarias em comemoração ao dia do fotografo

Os fotógrafos profissionais se diferenciam dos amadores porque possuem o olhar treinado para reconhecerem o detalhe, o instante, o momento a ser registrado para a posteridade, independente do equipamento utilizado. Para celebrar este dia, os fotógrafos do Correio Popular Ricardo Lima (1ª foto acima) , Kamá Ribeiro (2ª foto acima) e Diogo Zacarias (3? foto acima) registraram cenas da cidade com o uso dos mesmos celulares acessíveis a qualquer pessoa. Com isso, registram seu olhar sobre a cidade e sua visão técnica e artística sobre a fotografia.

Escrito por:

Delfin / Caderno C