Publicado 29 de Junho de 2021 - 19h12

Por Mariana Camba/ Correio Popular

Com o criminoso estavam R$ 35 mil, nove celulares e documentos falsos

Polícia Federal

Com o criminoso estavam R$ 35 mil, nove celulares e documentos falsos

O inimigo n°1 da Paraíba no rol dos foragidos do Presídio PB-1, Antônio Arcênio de Andrade Neto, conhecido como “De menor”, foi detido neste domingo em Paulínia. O procurado tinha vida “de bacana” e morava em uma casa de um condomínio de luxo do município.

A prisão ocorreu em uma ação conjunta entre os Policiais Federais da Paraíba e os Policiais Federais de São Paulo, durante a Operação Menoridade que estava sendo desenvolvida há meses pela Polícia Federal (PF).

Neto era procurado desde setembro de 2018, quando fugiram 92 detentos do Presídio PB-1, localizado em João Pessoa. O criminoso é acusado de diversos crimes considerados graves pela PF, como o roubo a carro forte que ocorreu BR-230, trecho localizado no município de Cruz do Espírito Santo, também na Paraíba, em agosto de 2018.

“Na ocasião os criminosos foram perseguidos pela Polícia Militar e presos depois de um violento confronto na cidade de Lucena (PA). Dentre os presos, estava Romário Gomes Silveira, conhecido como Romarinho, comparsa de Antônio Arcênio de Andrade Neto”, declarou em nota a PF.

Segundo a Polícia Federal, Antônio Arcênio de Andrade Neto ficará custodiado em um estabelecimento prisional do Estado de São Paulo, que não foi identificado pelo órgão, até que a Justiça se manifeste de forma contrária. Na casa em que o criminoso foi detido pelos Policiais Federais foram apreendidos R$ 35 mil e US$ 1,7 mil em dinheiro, junto de nove celulares, relógios, veículos e documentos falsos.

Escrito por:

Mariana Camba/ Correio Popular