Publicado 22 de Junho de 2021 - 11h32

Por Da Redação do Correio

Movimentação de passageiros no Terminal Central, no Viaduto Miguel Vicente Cury: novos horários de funcionamento com toque de recolher

Ricardo Lima/Correio Popular

Movimentação de passageiros no Terminal Central, no Viaduto Miguel Vicente Cury: novos horários de funcionamento com toque de recolher

Desde a noite de ontem, está em vigor a nova determinação da Prefeitura de Campinas em relação ao toque de recolher, que passou das 21h para as 19h. Essa é mais uma ação de enfrentamento ao avanço da pandemia de covid-19. A medida afeta o funcionamento do transporte público coletivo municipal no período noturno.

A partir das 20h, as viagens ocorrerão de hora em hora. A última viagem realizada pelas linhas que percorrem os principais eixos, ligando os bairros ao Centro e vice-versa, será às 23h. Já as linhas que ligam os terminais aos bairros farão a última viagem à meia noite. As informações são da Secretaria Municipal de Transportes (Setransp) e da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), órgãos que promovem os ajustes na programação do sistema.

"Fizemos isso quando a fase do toque de recolher se iniciou às 21h e repetiremos isso. Não tivemos problema da outra vez e ninguém ficou desatendido, ainda que agora tenhamos um intervalo maior", disse o presidente da Emdec, Ayrton Camargo e Silva, durante reunião da Comissão Especial de Estudo com a Finalidade de Analisar os Impactos Econômicos e Sociais da Pandemia e a Retomada das Atividades em Campinas, promovida pela Câmara Municipal na manhã de ontem.

A operação diurna do transporte público não sofrerá alterações. As frotas no pico da manhã, entre 5h e 8h30; no entrepico; e no pico da tarde, entre 16h30 e 19h30, serão mantidas. Essa programação será cumprida até que a administração municipal aplique novas medidas em relação à circulação de pessoas no enfrentamento à pandemia.

Escrito por:

Da Redação do Correio