Apodi deve ser atacante na Ponte Preta
Faltando menos de uma semana para sua primeira partida oficial do ano de 2020, a Ponte Preta segue na cidade de Bragança Paulista

Publicado 17/01/2020 10:39:04 - Atualizado 17/01/2020 10:39:13

Gustavo Magnusson

Apodi marcou cinco gols pelo CSA no ano passado e pretende superar a marca nesta temporada como peça de ataque na Ponte Preta: experiência

Faltando menos de uma semana para sua primeira partida oficial do ano de 2020, a Ponte Preta segue na cidade de Bragança Paulista, onde o técnico Gilson Kleina aproveita a pré-temporada para conhecer o novo elenco e trabalhar o entrosamento da equipe. Uma das 13 contratações deste ano, Apodi deve ser bastante aproveitado no setor ofensivo da equipe, apesar de ser lateral-esquerdo de origem.
"Estou à disposição do Gilson Kleina para jogar em qualquer posição. Nós temos grandes laterais treinando, como o Jeferson, mais experiente, e também o Matheus Alexandre, jovem e muito bom jogador. Eu venho provavelmente para fazer uma função mais do meio para frente e ajudar na parte ofensiva com velocidade e empenho dentro de campo, como sempre foi na minha carreira", afirmou Apodi, de 34 anos.
No jogo-treino da última quarta-feira contra o Desportivo Brasil, que terminou com vitória da Ponte Preta por 2 a 1, Apodi iniciou a partida pelo lado esquerdo do ataque dentro de um sistema 4-2-3-1, integrando um losango com Bruno Rodrigues na direita, João Paulo centralizado e Roger na referência. A partir da metade do primeiro tempo, o ex-jogador do CSA passou a atuar mais adiantado, formando dupla de ataque ao lado de Roger, com Bruno Rodrigues deslocado para a esquerda e João Paulo aberto pela direita.
Ao longo de um total de 45 minutos em que esteve em campo, Apodi foi bastante caçado pelos marcadores da equipe de Porto Feliz. Foram sete faltas sofridas, sendo a primeira logo aos 47 segundos de partida. "É claro que os times que me conhecem sabem a minha maneira de jogar e chegam forte, mas isso faz parte do futebol. Nos jogos oficiais, é um pouco diferente. Por mais que as equipes cheguem um pouco mais duro, isso acarreta em cartões e outras punições. De qualquer forma, a gente fica feliz pelo primeiro trabalho. Estamos em evolução para chegar bem na estreia do Campeonato Paulista", disse Apodi.
Antes de retornar a Campinas, a Ponte Preta ainda realiza mais um jogo-treino contra o Capivariano, amanhã, às 10h, novamente no complexo HWT Sports, em Bragança Paulista, onde está concentrada. A Macaca estreia no Campeonato Paulista na próxima quinta-feira, contra o Santo André, às 19h, no estádio Moisés Lucarelli.

Escrito por:

Gustavo Magnusson

RECOMENDADAS