Dor de cabeça para Jorginho
A Ponte Preta encara agora dois jogos seguidos no Moisés Lucarelli para tentar se consolidar novamente no G4 da Série B do Brasileiro

Publicado 18/08/2019 17:09:19 - Atualizado 18/08/2019 19:15:43

Carlos Rodrigues

Jorginho tem boas e más notícias para escalar o time diante do CRB

Devidamente reabilitada após conquistar duas vitórias importantes — contra o rival Guarani e diante do Figueirense fora de casa —, a Ponte Preta encara agora dois jogos seguidos no Moisés Lucarelli para tentar se consolidar novamente no G4 da Série B do Brasileiro. Na quarta-feira, a Macaca enfrenta o CRB e depois, no sábado, recebe o Sport, dois concorrentes diretos na briga pelas primeiras posições.
Para a partida do meio de semana, o técnico Jorginho tem boas notícias, mas também preocupações. A novidade positiva é o retorno garantido do atacante Roger, que cumpriu suspensão em Florianópolis. Edson e Renan Fonseca, que não estiveram em campo na última partida, serão reavaliados, mas é provável que apenas o volante tenha condições de atuar, enquanto o capitão deve continuar sendo desfalque. Outra baixa certa é o atacante Tiago Marques, que sofreu um entorse no tornozelo e chegou em Campinas na sexta-feira com o pé imobilizado.
Já a grande dúvida para Jorginho envolve as laterais, afinal Henrique Trevisan, improvisado na esquerda, recebeu o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão. Como o titular Guilherme Guedes está entregue ao departamento médico, o treinador precisará buscar uma solução. A alternativa natural é o deslocamento de Diego Renan para o lado esquerdo abrindo uma vaga na direita.
Fora da equipe há um mês por conta de uma fratura no braço, Arnaldo já voltou aos treinos e pode pintar como possibilidade. Outra opção, caso Edson volte ao meio-campo, é a improvisação de Washington na lateral. Por fim, uma terceira solução seria a entrada do jovem Matheus Alexandre, que ganhou oportunidades no início do campeonato, mas depois perdeu espaço e vem sendo utilizado na equipe sub-20 que disputa o Brasileiro da categoria.

Escrito por:

Carlos Rodrigues

RECOMENDADAS