Publicado 14 de Janeiro de 2022 - 16h23

Por O Estado de S.Paulo

Por Redação

O Citigroup comunicou a seus funcionários que planeja seguir com os avisos prévios e, nas próximas semanas, encerrar os contratos dos trabalhadores que não estiverem vacinados contra a covid-19.

O banco nova-iorquino deu até a próxima sexta-feira, 14, para que a vacinação seja realizada, como comunicado ao fim de outubro. Depois disso, quem ainda não estiver vacinado será colocado em licença, disse o banco, segundo pessoas a par do assunto. Os contratos em questão seriam encerrados em 31 de janeiro, de acordo com fontes.

Cerca de 95% dos funcionários do banco estão vacinados no momento, segundo pessoas familiarizadas com o assunto. O número tem aumentado e deve continuar em crescimento, disseram. O banco, que conta com 65 mil empregados nos Estados Unidos, está permitindo isenções religiosas e médicas para funcionários e está seguindo as leis locais. (FONTE: DOW JONES NEWSWIRES)

Escrito por:

O Estado de S.Paulo Redação