Publicado 05 de Janeiro de 2022 - 16h05

Por O Estado de S.Paulo

Por Redação

O arcebispo da África do Sul Desmond Tutu, um veterano da luta contra o governo da minoria branca, morreu neste domingo, 26, aos 90 anos. Veja alguma das reações à sua morte.

"A morte do arcebispo emérito Desmond Tutu é outro capítulo de luto na despedida de nossa nação para uma geração de destacados sul-africanos que nos legaram uma África do Sul. Desmond Tutu era um patriota sem igual; um líder de princípio e pragmatismo que deu sentido à percepção bíblica de que a fé sem obras está morta."

Cyril Ramaphosa (Presidente da África do Sul)

"O legado de Desmond Tutu é força moral, coragem moral e clareza. Ele sentia com as pessoas. Em público e sozinho, ele chorava porque ele sentia a dor das pessoas. E ele riu - não, não apenas riu, ele gargalhou de alegria quando ele compartilhou sua alegria."

Thabo Makgoba (Arcebispo da Cidade do Cabo)

"Suas contribuições para a luta contra a injustiça, local e globalmente, são comparadas apenas à profundidade de seu pensamento sobre a construção de futuros libertadores para as sociedades humanas. Ele foi um ser humano extraordinário. Um pensador. Um líder. Um pastor."

Fundação Nelson Mandela

"A amizade e o vínculo espiritual entre nós era algo que amamos. O arcebispo Desmond Tutu foi inteiramente dedicado a servir a seus irmãos e irmãs para o maior bem comum."

Dalai lama (Líder espiritual do Tibet)

"Sua Santidade o Papa Francisco ficou triste ao saber da morte do Arcebispo Desmond Tutu. Ciente de seu serviço dedicado ao Evangelho por meio da promoção da igualdade racial e da reconciliação em sua África do Sul natal, Sua Santidade encomenda sua alma à misericórdia amorosa do Deus Todo-Poderoso."

Condolências do papa Francisco divulgadas pelo Vaticano

"O arcebispo Desmond Tutu foi um mentor, um amigo e uma bússola moral para mim e tantos outros. Um espírito universal, o Arcebispo Tutu estava enraizado na luta pela libertação e justiça em seu próprio país, mas também preocupado com a injustiça em toda parte. Ele nunca perdeu seu senso de humor travesso e sua vontade de encontrar humanidade em seus adversários."

Barack Obama (Ex-presidente dos EUA)

"Nenhuma palavra exemplifica melhor o seu ministério do que as três que ele contribuiu para uma obra de arte no The Carter Center: amor, liberdade e compaixão."

Jimmy Carter (Ex-presidente dos EUA)

"Um verdadeiro gigante sul-africano nos deixou hoje, mas seu espírito vai viver ... em nosso esforço contínuo para construir uma África do Sul unida, bem-sucedida e não racista para todos ... Quando nós perdemos o nosso caminho, ele foi a bússola moral que nos trouxe de volta."

John Steenhuysen (Líder do partido de oposição sul-africano Aliança Democrática)

"O arcebispo Desmond Tutu foi um profeta e sacerdote, um homem de palavras e ação - aquele que encarnou a esperança e a alegria que foram os fundamentos de sua vida."

Justin Selby (Arcebispo de Canterbury)

"Estou triste ao saber da morte do sábio global, líder dos direitos humanos e poderoso peregrino na terra ... Nós somos melhores porque ele esteva aqui."

Bernice King (Filha de Martin Luther King)

"Seu senso de humor contagiante e seu riso ajudaram a resolver muitas situações críticas na política e na vida da Igreja. Ele foi capaz de quebrar quase qualquer impasse. Ele compartilhou conosco o riso e a graça de Deus muitas vezes."

Conselho Mundial de Igrejas

"Ele foi uma figura crítica na luta contra o apartheid e na luta para criar uma nova África do Sul - e será lembrado por sua liderança espiritual e seu humor irreprimível."

Boris Johnson (Primeiro-ministro britânico)

"Uma de suas frases é concisa, mas contundente e verdadeira: 'Se você é neutro em situações de injustiça, você escolheu o lado do opressor.'"

Andrés Manuel Lopez Obrador (Presidente do México)

"Nosso povo palestino perdeu um forte defensor de sua marcha para a liberdade e a independência. Padre Desmond Tutu passou a vida inteira lutando contra o racismo e defendendo os direitos humanos e especialmente na terra palestina."

Basim Naeem (Alto funcionário do grupo palestino Hamas, que controla Gaza)

Escrito por:

O Estado de S.Paulo Redação