Publicado 03 de Janeiro de 2022 - 15h46

Por Lorenna Rodrigues

As exportações brasileiras superaram as importações em 2021, resultando em um saldo positivo de US$ 61,008 bilhões, o maior já registrado em um ano. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, 3, pela Secretaria de Comércio Exterior, do Ministério da Economia.

O resultado da balança comercial do ano passado foi 21,1% superior ao ano anterior, quando foi registrado superávit de US$ 50,393 bilhões. Ainda em setembro, o saldo acumulado em 2021 já havia batido o valor recorde anual, US$ 56 bilhões, de 2017.

Um aumento maior nas importações do que o previsto, no entanto, frustrou as previsões do governo - o saldo ficou abaixo da última projeção do Ministério da Economia, divulgada no início de dezembro, que era de superávit de US$ 70,9 bilhões.

No ano passado, a corrente de comércio (soma das exportações e importações) avançou 35,8%. As exportações somaram US$ 280,394 bilhões (+34,0%, na comparação com o ano anterior). Já as importações chegaram a US$ 219,386 bilhões em 2021 (+38,2%).

No ano, houve crescimento de US$ 57,66 milhões (52,5%) em Agropecuária; avanço de US$ 31,6 milhões ( 14,1%) em Indústria Extrativa e de US$ 129,59 milhões ( 25,9%) em produtos da Indústria de Transformação.

Já nas importações, houve crescimento de US$ 2,23 milhões ( 12,2%) em Agropecuária; avanço de US$ 46,63 milhões ( 210,3%) em Indústria Extrativa e de US$ 117,29 milhões ( 17,7%) em produtos da Indústria de Transformação.

Dezembro

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 3,948 bilhões em dezembro. Os dados foram divulgados há pouco pela Secretaria de Comércio Exterior, do Ministério da Economia. Em dezembro de 2020, o resultado foi positivo em US$ 2,703 bilhões.

No mês passado, a corrente de comércio (soma das exportações e importações) avançou 25,3%. As exportações somaram US$ 24,366 bilhões em dezembro (+26,3%). Já as importações chegaram a US$ 20,418 bilhões em dezembro (+24%).

Na quarta semana de dezembro (20 a 26), o saldo comercial foi de déficit de US$ 1,189 bilhão. Na quinta semana de dezembro (27 a 31) foi positivo em US$ 639 milhões.

Em dezembro, houve crescimento de US$ 46,63 milhões (210,3%) em Indústria Extrativa e crescimento de US$ 117,29 milhões (17,7%) em produtos da Indústria de Transformação.

Já nas importações, houve crescimento de US$ 2,23 milhões (12,2%) em Agropecuária; crescimento de US$ 46,63 milhões (210,3%) em Indústria Extrativa e crescimento de US$ 117,29 milhões (17,7%) em produtos da Indústria de Transformação.

Escrito por:

Lorenna Rodrigues