Publicado 03 de Janeiro de 2022 - 15h06

Por O Estado de S.Paulo

Por Redação

O vereador e ex-senador Eduardo Suplicy (PT) usou as redes sociais para informar que testou positivo para covid-19 nesta terça-feira, 28, após quadro de tosse e cansaço, e afirma que a intensidade dos sintomas é "pequena".

"Estou descansando, seguindo as recomendações de meu excelente médico, Dr. Nelson Carvalhaes. Reforço a recomendação de que usem máscara, lavem sempre as mãos ou passem álcool gel, pois o vírus se espalha com enorme facilidade", escreveu em sua conta pessoal no Twitter.

Suplicy também se disse "no dever de informar a todas as pessoas" especialmente as que estiveram com ele nos últimos dias. O vereador reforçou que completou a terceira dose do imunizante contra a doença no dia 3 de dezembro. Ele atribui à vacina a "pequena intensidade" dos sintomas.

"Continuo a pedir a Deus que me dê saúde para intensificar a minha jornada para a instituição da Renda Básica de Cidadania Universal e Incondicional, viajando por todo o Brasil defendendo a proposta", concluiu.

Com o avanço da variante Ômicron na Europa e nos Estados Unidos, o mundo passou da marca de 1 milhão de casos diários de covid-19 pela primeira vez na pandemia na segunda-feira, 27.

Recentemente, Suplicy esteve com o ex-governador Geraldo Alckmin (sem partido). No encontro, o vereador apresentou ao ex-governador tucano sua proposta de renda básica de cidadania. Ao Estadão, o vereador petista avaliou como positiva e disse ser favorável à dobradinha entre Alckmin e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na disputa presidencial do ano que vem.

Escrito por:

O Estado de S.Paulo Redação