Publicado 02 de Janeiro de 2022 - 16h46

Por Luana Pavani

ATT srs. assinantes,

Na nota publicada às 11h29, a assessoria de comunicação do Tribunal Superior Eleitoral avisa que há uma incorreção no primeiro parágrafo. O modelo das urnas é "UE2022", o que não significa que serão utilizadas no pleito do ano que vem. Ainda de acordo com o TSE, a previsão é para 2024. Segue abaixo a nota corrigida:

A Positivo Tecnologia anuncia que foi confirmada como empresa vencedora do processo licitatório para produção e fornecimento de urnas eletrônicas de modelo UE2022. A concorrência do Tribunal Superior Eleitoral (nº 03/21) compreende o fornecimento de até 176 mil urnas eletrônicas e demais produtos e serviços, com o valor global de R$ 1,179 bilhão.

A companhia diz que será convocada após publicação do resultado do certame pelo TSE no Diário Oficial, para a assinatura da Ata de Registro de Preços, cujo prazo de validade é de 12 meses.

"Os fornecimentos ocorrerão a partir das oportunas formalizações dos contratos de fornecimentos com prestação de serviços, em lotes que venham a ser requeridos pelo TSE, observando-se todas as disposições contratuais e legais aplicáveis", diz em fato relevante.

A previsão para uso dos equipamentos é para o pleito de 2024, segundo o TSE.

Escrito por:

Luana Pavani