Publicado 02 de Janeiro de 2022 - 13h47

Por Daniel Weterman

O coordenador da bancada da Bahia no Congresso, deputado Marcelo Nilo (PSB-BA), afirmou que serão necessários no mínimo R$ 2 bilhões para reconstruir as cidades atingidas pelas chuvas no Estado. Em reunião com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), nesta terça-feira, 28, parlamentares do Estado cobraram medidas emergenciais do governo federal e a discussão sobre um fundo permanente de prevenção a catástrofes a partir do ano que vem.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou uma medida provisória destinando R$ 200 milhões para reconstrução de estradas, mas os recursos não são destinados apenas à Bahia. O chefe do Executivo prometeu liberar outros R$ 200 milhões, mas apenas no início do próximo ano.

Conforme o Broadcast Político (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) publicou mais cedo, a bancada baiana pressiona o governo pela liberação imediata de recursos aos municípios atingidos.

O comprometimento com emendas parlamentares, no entanto, foi colocado como um impasse para a transferência ainda em 2021.

"Para recuperarmos essas 50 cidades, é óbvio que tem que ter um estudo detalhado, mas no mínimo, (são necessários) R$ 2 bilhões", disse Nilo ao falar sobre a necessidade de recursos após uma avaliação sobre os estragos causados. "É possível remanejar emendas e está sendo discutido entre os parlamentares, mas isso seria uma gota d'água no oceano."

Tags: DEPUTADO

Escrito por:

Daniel Weterman