Publicado 22 de Dezembro de 2021 - 17h55

Por José Maria Tomazela

Os 16 municípios do litoral de São Paulo vão receber um reforço de quase 3 mil policiais para o policiamento durante a alta temporada de verão, incluindo Natal e ano-novo. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 22, pelo governador em exercício, Rodrigo Garcia (PSDB), durante visita ao litoral norte. A previsão é de que as cidades recebam cerca de 4 milhões de turistas só para as festas natalinas e do réveillon, estimam as prefeituras. O governo vai também abrir 10,6 mil vagas diárias para policiais civis e militares que desejarem trabalhar nas folgas no reforço do policiamento.

"Aquilo que já era tradição em São Paulo, de reforçar a segurança pública no período do verão, agora se torna mandatório e ainda com mais preocupação do governo", disse Garcia, em Caraguatatuba. As ações foram divididas em duas etapas, a primeira desta quarta a 30 de janeiro e a segunda de 31 de janeiro a 6 de março de 2022.

O reforço atende os 4 municípios do litoral norte (Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela), 9 de Baixada Santista (Bertioga, Guarujá, Santos, São Vicente, Cubatão, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe) e 3 do litoral sul (Ilha Comprida, Iguape e Cananéia). Algumas cidades praianas, como Ubatuba, já enfrentam ondas de furtos e assaltos devido ao aumento da população nesta época. Na cidade, como mostrou reportagem do Estado, o número de furtos aumentou de uma média diária de 82 para 133 nos últimos dois meses. Nesta semana, 175 policiais desembarcaram em Ubatuba.

Em todo o litoral, o policiamento terá apoio de 270 viaturas, 74 embarcações, cinco aeronaves e 25 drones - esses equipamentos serão usados sobretudo para a vigilância das praias. Segundo o governador em exercício, a Polícia Civil participará das ações de rua, além de reforçar os plantões dos institutos de criminalística e de medicina legal. Entre as vagas para diárias extras, serão usadas 1.125 para reforçar o Grupamento de Bombeiros Marítimos (GBMar), responsável pela fiscalização de embarcações e resgates no mar. A operação contará ainda com 431 guarda-vidas extras no litoral.

Baixada Santista deve receber 2,5 milhões de turistas

A Baixada Santista deve receber 2,5 milhões de turistas durante este fim de ano. A prefeitura de Santos vai restringir o turismo de um dia. O prefeito Rogério Santos (PSDB) sancionou projeto que obriga o cadastro prévio de vans, micro-ônibus, ônibus e outros veículos de transporte com capacidade superior a 10 pessoas. Além do cadastro, com antecedência de três dias, esses veículos terão de circular com identificação visual. O turismo de praia com ônibus só é permitido para quem comprovar pernoite em meio de hospedagem.

No litoral norte, o número esperado é de pelo menos 1 milhão de visitantes. Ilhabela deve receber mais de 120 mil turistas entre o Natal e o ano-novo, estima a Associação Comercial e Empresarial e do Observatório do Turismo. A taxa de ocupação da rede hoteleira já é de 92%. No ano passado, por causa da pandemia, o turismo teve queda de 52%. Este ano, até novembro, segundo a associação, houve recuperação, com aumento de 42% em relação a 2020. "Estamos retomando de forma segura e planejada as atividades turísticas", disse o prefeito Toninho Colucci (PL).

Por causa da covid-19, a prefeitura cancelou todos os shows e eventos musicais programados para a virada, mas manteve a queima de fogos sem estampido em quatro pontos da orla: Vila, Perequê, Praia Grande e Portinho. "Tomamos essa decisão porque houve o cancelamento de eventos em cidades vizinhas e tenho receio de que os turistas da região venham todos para nosso município, de forma que a cidade não consiga suportar esse aumento de demanda", explicou.

O passaporte da vacina é exigido para acesso ao comércio, repartições públicas e outros locais fechados. Colucci não descarta a possibilidade de retomar o controle de acesso ao município no fim do ano, exigindo a carteira de vacinação com ao menos duas doses ou o teste RT-PCR para aumentar a segurança em relação à covid.

Pelas praias de São Sebastião devem passar 280 mil banhistas entre o fim de dezembro e o início de janeiro, segundo o órgão municipal de turismo. Ônibus e outros veículos com passageiros precisam se cadastrar com antecedência de dez dias e pagar taxa para entrar na cidade. As excursões de um dia - bate e volta - são permitidas somente na praia Balneário dos Trabalhadores, conforme lei municipal.

O prefeito Felipe Augusto (PSDB) disse que São Sebastião está preparada para receber visitantes. "Todos os cantinhos de nossa cidade estão recebendo atrações natalinas e levando para as famílias uma mensagem de amor e esperança", disse. Em Caraguatatuba, são esperados 320 mil visitantes. A prefeitura suspendeu a queima de fogos devido à pandemia de covid-19. Ubatuba prevê a chegada de 280 mil turistas. A cidade está enfeitada para o Natal.

Escrito por:

José Maria Tomazela