Publicado 22 de Dezembro de 2021 - 13h40

Por Redação O Estado de S. Paulo

A Polícia Federal informou que prendeu na terça-feira, 21, o líder de uma milícia que atua na comunidade de Rio das Pedras, zona oeste do Rio de Janeiro, sendo que, durante a operação, um menino de cinco anos e um policial federal foram atingidos por disparos que teriam sido efetuados por um dos seguranças do miliciano.

Em nota, a PF afirmou que, em diligência próxima à entrada da comunidade, os gentes foram recebidos a tiros pelo segurança. "Destaca-se que os policiais federais não efetuaram disparos e prestaram de imediato os primeiros socorros à criança e a conduziram para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca", registrou a corporação.

Segundo os investigadores, o estado de saúde do menino é estável. A PF diz ainda prestar "toda a assistência possível à vítima e sua família".

Peritos foram acionados para realizar analisar o local e as informações vão subsidiar inquérito aberto "para apurar as circunstâncias do fato e o autor do disparo que atingiu a criança e o policial federal", diz a PF.

Escrito por:

Redação O Estado de S. Paulo