Publicado 22 de Dezembro de 2021 - 9h31

Por Estadão Conteúdo

Mendy enfrenta sete acusações de estupro contra quatro mulheres e uma denúncia de assédio sexual contra outra

Divulgação/Manchester City

Mendy enfrenta sete acusações de estupro contra quatro mulheres e uma denúncia de assédio sexual contra outra

O lateral-esquerdo Benjamin Mendy, do Manchester City, enfrenta nova acusação de estupro. A nova denúncia, de uma suposta nova vítima, se refere a julho deste ano. O campeão mundial pela seleção da França na Copa de 2018, na Rússia, soma agora oito acusações de agressão sexual contra cinco mulheres diferentes.

A nova acusação foi feita pelo Tribunal de Chester Crown, na Inglaterra, onde ele reside nos últimos anos. O jogador compareceu à audiência nesta quarta-feira. Afastado do Manchester City desde agosto, quando foi denunciado pela primeira vez, ele está preso na cidade de Liverpool.

Mendy enfrenta sete acusações de estupro contra quatro mulheres e uma denúncia de assédio sexual contra outra. As primeiras denúncias se referem a atos que teriam acontecido em outubro de 2020 e julho e agosto deste ano. O caso de assédio teria ocorrido em janeiro de 2021.

O jogador de 27 anos entrou em campo pela última vez em 15 de agosto, em partida contra o Tottenham, pelo Campeonato Inglês. Preso desde agosto, ele chegou ao Manchester em 2017, após se destacar pelo Monaco, do Campeonato Francês. Com a camisa do City, foi campeão inglês três vezes e vencedor da Copa da Liga Inglesa por duas.

Escrito por:

Estadão Conteúdo