Publicado 20 de Dezembro de 2021 - 18h21

Por Estadão Conteúdo

O São Paulo já tem seu primeiro reforço experiente para 2022. Trata-se do lateral-direito Rafinha, de 36 anos, que foi rebaixado com o Grêmio, mas fez belo trabalho no Flamengo, em 2019. Ele chega a pedido do técnico Rogério Ceni."Acabamos de assinar o contrato com o Rafinha, lateral-direito. A condição técnica é importante, a liderança também", revelou o presidente Júlio Cazares em live no canal dos jornalistas Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi.

Para permanecer no São Paulo, Ceni pediu contratação de nomes de peso para a diretoria. Sem dinheiro para investir, o clube investe em trocas ou jogadores donos de seus direitos federativos, caso de Rafinha.

O jogador chega para acabar com uma carência no São Paulo. Nem mesmo a contratação de Daniel Alves, hoje de volta ao Barcelona, resolveu o problema crônico na direita. No Brasileirão, Igor Vinícius, Orejuela e até o paraguaio Galeano, improvisado no setor, decepcionaram.

Assim que ficou fora dos planos do Grêmio, Rafinha virou o número 1 para tentar solucionar os problemas do setor. A diretoria agiu rápido e fechou o acordo. Além do lateral, o goleiro Jandrei, com apenas um jogo disputado no Santos, também está acertado para fazer sombra ao titular Tiago Volpi. Mas só será anunciado após assinar o contrato.

Cazares mostrou otimismo na renovação do zagueiro Arboleda e discordou de quem viu um ano de 2021 ruim para o São Paulo. Na visão do presidente, a temporada foi de bons resultados, conquista do Paulista e apenas a o Brasileirão "foi uma surpresa desagradável para todos".

Mesmo assim, a diretoria vai abrir mão de muitos nomes que decepcionaram em 2021. Benítez já se despediu e, nesta segunda-feira, o atacante Vítor Bueno tirou de suas redes sociais que é jogador do clube do Morumbi e trocou a foto que o ligava ao São Paulo.

Escrito por:

Estadão Conteúdo