Publicado 20 de Dezembro de 2021 - 9h36

Por Estadão Conteúdo

Nadal, atual número 6 do mundo, tinha como intenção jogar o ATP 250 de Melbourne, na primeira semana de janeiro, como forma de se preparar para o Aberto da Austrália

Scott Taetsch-USA TODAY Sports

Nadal, atual número 6 do mundo, tinha como intenção jogar o ATP 250 de Melbourne, na primeira semana de janeiro, como forma de se preparar para o Aberto da Austrália

O espanhol Rafael Nadal testou positivo para a covid-19. O tenista anunciou o diagnóstico nesta segunda-feira em um post na sua conta oficial do Twitter, onde contou que fez o exame PCR ao retornar para casa, na Espanha, após um torneio de exibição em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos. No país do Oriente Médio, ele havia realizado testes que mostraram resultados negativos para a doença.

"Tanto no Kuwait como em Abu Dabi fizemos testes a cada dois dias e todos deram negativo. O último que fiz foi na sexta-feira e recebi o resultado no sábado. Estou passando por momentos desagradáveis, mas confio em melhorar pouco a pouco. Agora estou em casa confinado e já informei as pessoas que estiveram em contato comigo", escreveu Nadal.

O certo é que a sua participação no Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada 2022, a partir de 17 de janeiro, em Melbourne, fica sob risco. "Como consequência da situação, tenho de ter total flexibilidade com o meu calendário e vou analisar as minhas opções dependendo da minha evolução. Vou manter todos vocês informados sobre qualquer decisão dos meus próximos torneios", finalizou.

Nadal, atual número 6 do mundo, tinha como intenção jogar o ATP 250 de Melbourne, na primeira semana de janeiro, como forma de se preparar para o Aberto da Austrália. No entanto, agora tudo vai depender da forma como vai lidar com a doença.

Escrito por:

Estadão Conteúdo