Publicado 20 de Dezembro de 2021 - 7h11

Por André Marinho

A Administração de Espaço Cibernético da China informou nesta terça-feira, 14, que multou a operadora da rede social Weibo em 3 milhões de yuans (cerca de US$ 470 mil), após considerar que a plataforma permitiu a publicação de postagens que "violaram a lei". Em comunicado, a agência reguladora afirmou que a empresa foi alvo de 44 multas semelhantes este ano, no total de 14,3 milhões de yuans (US$ 2,24 milhões). O órgão acrescentou que "ordenou-lhe que retificasse imediatamente e tratasse seriamente com as pessoas responsáveis relevantes".

A multa é aplicada em um contexto de crescente cerco do governo chinês contra o setor de tecnologia do país. Pequim tem buscado aumentar a supervisão do conteúdo sob domínio dessas empresas, com objetivo de assegurar o controle das informações disseminadas. Após a notícia, a ação da Weibo despencou 9,38% na Bolsa de Hong Kong.

Escrito por:

André Marinho