Publicado 17 de Dezembro de 2021 - 18h00

Por Eduardo Gayer

O presidente da República, Jair Bolsonaro, gravou um vídeo para ser exibido na sexta-feira, 10, na Cúpula da Democracia convocada pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, o chefe do Executivo brasileiro defendeu na fala "a proteção das liberdades fundamentais", uma retórica que tem sido constante em seus pronunciamentos.

O Itamaraty não informa, contudo, o horário da exibição e nem se o vídeo será divulgado à imprensa. A informação também não consta da programação publicada pelo Departamento de Estado norte-americano.

A Cúpula acontece de modo virtual entre esta quinta-feira e a sexta-feira e reúne líderes de mais de 100 países. A abertura aconteceu mais cedo com um discurso de Biden assistido por Bolsonaro de seu gabinete em Brasília.

O presidente norte-americano criticou líderes autocratas e alertou para o enfraquecimento da democracia junto à população mundial.

Em nota, o ministério das Relações Exteriores também diz que Bolsonaro defende, no vídeo, "promoção de uma cultura de diálogo, liberdade e inclusão social, sem discriminação".

"Reafirma que a luta contra a corrupção constitui prioridade permanente do governo brasileiro, inclusive por meio da aprovação do Plano Anticorrupção, com vistas à consolidação de uma administração pública transparente e responsável", informa a Pasta. "A participação do Brasil na Cúpula pela Democracia demonstra o compromisso do País com os valores democráticos."

Escrito por:

Eduardo Gayer