Publicado 17 de Dezembro de 2021 - 14h00

Por Estadão Conteúdo

Andres Rueda e Leila Pereira tiveram o CPF vazado nas redes sociais

Foto 1: Arquivo pessoal | Foto 2: Fábio Menotti/Palmeiras

Andres Rueda e Leila Pereira tiveram o CPF vazado nas redes sociais

Os presidentes Andres Rueda, do Santos, e Leila Pereira, nova mandatária do Palmeiras, receberam quantias em dinheiro através de doações via Pix nos últimos dias feitas por torcedores pedindo contratações para a próxima temporada. Ambos receberam sugestões de reforços de suas respectivas torcidas após terem os números do CPF vazados nas redes sociais.

Na quarta-feira, dados pessoais dos membros da nova diretoria foram vazados durante a cerimônia de posse pelo presidente do conselho deliberativo, Seraphim Del Grande. Os torcedores usaram o CPF da presidente do Palmeiras e transferiram quantias para serem investidas na contratação de um centroavante. Leila se divertiu com o episódio e disse que irá destinar o montante que recebeu ao clube. O valor não foi revelado.

"O nosso torcedor é fantástico. Quando foi divulgado meu endereço e CPF, eu recebi centenas de Pix. Quando eu vi, achei que era hacker. São torcedores depositando na minha conta, para que eu traga um centroavante. Foi uma coisa inusitada, o torcedor é fantástico", disse.

O presidente do Santos, Andres Rueda, também teve seu CPF vazado nas redes sociais e, segundo o próprio clube, recebeu mais de cem transferências em sua conta, com valores variando de centavos a um real.

Neste ano, alguns clubes do futebol brasileiro aproveitaram a modalidade de transação bancária para pedir contribuição financeira a seus torcedores. Em maio, Cruzeiro e Vasco, dois clubes com grandes dívidas, disponibilizaram contas para receberem quantias de torcedores através da modalidade Pix. Em maio, o clube carioca divulgou que a torcida contribuiu com um valor de R$400 mil em apenas três dias. Já a equipe mineira informou que recebeu mais de R$ 200 mil.

Escrito por:

Estadão Conteúdo