Publicado 24 de Novembro de 2021 - 0h20

Por Estadão Conteúdo

O Atlético-MG contava com os três pontos na noite desta terça-feira diante dos reservas do Palmeiras. No entanto, o time alvinegro ficou no empate por 2 a 2, no Allianz Parque, na abertura da 35ª rodada. Apesar do tropeço, a situação seguiu cômoda, uma vez que o Flamengo cedeu a igualdade pelo mesmo placar frente ao Grêmio após abrir 2 a 0, em Porto Alegre.

"A gente sabe que hoje estamos lutando contra o Flamengo, mas o mais importante é pensar no nosso objetivo, que era a vitória aqui. O Palmeiras é muito forte, mesmo sem titulares, e tem a questão do gramado que é mais rápido. Essa última bola, por exemplo, acaba perdendo um pouco o timing. Mas enfim, não começamos bem, tomamos o gol, acordamos, e conseguimos buscar o empate", comentou o atacante.

Antes de exaltar o empate, Hulk optou por levantar o moral do goleiro Everson. Ele teve grande atuação nesta terça-feira, tendo defendido um pênalti cobrado por Patrick de Paula. No entanto, acabou falhando no gol marcado por Deyverson.

"Everson cresceu no pênalti, merece todo nosso reconhecimento, mas tomamos o segundo. Buscamos a vitória do começo até o final. Nosso time manteve a pegada e a vontade de ganhar, mas o empate também foi fundamental para nós", concluiu.

Com o resultado, o Atlético manteve a diferença de oito pontos para o Flamengo, segundo colocado. O time alvinegro só perde o título se os cariocas tirarem tal vantagem em quatro partidas, uma missão improvável. O Atlético volta a campo no domingo, às 16h, diante do Fluminense, no Mineirão.

Escrito por:

Estadão Conteúdo