Publicado 23 de Novembro de 2021 - 18h42

Por Eduardo Gayer

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira, 23, esperar que o Senado aprove a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos precatórios até a próxima semana.

Em entrevista à Rádio Correio, da Paraíba, o chefe do Executivo lembrou que o governo depende da PEC para abrir espaço fiscal para bancar o Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família, de R$ 400 em 2022. "Está no Senado. Espero que aprove até a próxima semana, no máximo, para a gente pagar até dezembro esses 400 reais", disse o presidente. "Está na iminência de acontecer", acrescentou.

Após passar na Câmara dos Deputados por uma margem apertada, o projeto tramita no Senado sob a relatoria do líder do governo na Casa, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).

Como mostrou mais cedo o Broadcast Político, o parlamentar busca votos para aprovar o texto sem alterar dois pontos: o limite para o pagamento de precatórios a partir do ano que vem e a metodologia de cálculo do teto de gastos.

Escrito por:

Eduardo Gayer