Publicado 22 de Novembro de 2021 - 20h25

Por André Marinho

A secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, reiterou o compromisso do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, com a independência do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) no estabelecimento da política monetária.

Mais cedo, o democrata anunciou a indicação de Jerome Powell a um segundo mandato à frente do Fed e de Lael Brainard como vice-presidente da instituição. Questionada sobre se o BC dos EUA teria como prioridade o combate à inflação, Psaki reconheceu que o governo está preocupado em reduzir os custos para as famílias, mas disse que "confia na independência de Powell" para tomar decisões no Fed.

A porta-voz revelou ainda que Biden pretende decidir "em breve" as três nomeações às vagas ainda abertas no Fed. Segundo ela, o objetivo será assegurar que a entidade tenha "novas vozes" e "diversidade".

Psaki destacou também que o governo americano articula com outros países políticas para assegurar equilíbrio entre oferta e demanda no mercado de petróleo, mas não deu detalhes. Ela reforçou ainda que Biden pretende concorrer à reeleição em 2024.

Sobre a Rússia, a secretária voltou a expressar "preocupação" dos EUA quanto às atividades de Moscou na fronteira com Moscou e pediu que a gestão de Vladimir Putin reduza as tensões na região.

Escrito por:

André Marinho