Publicado 22 de Novembro de 2021 - 15h45

Por André Marinho

Pelo menos três senadores democratas já expressaram oposição à recondução do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell, ao cargo.

A indicação foi anunciada nesta segunda-feira, 22, pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que também nomeou Lael Brainard à vice-presidência da instituição.

Como o partido governista tem maioria de apenas 51 votos no Senado, Powell terá que angariar o apoio de senadores republicanos para ser confirmado ao segundo mandato.

Em comunicado logo após o anúncio de Biden, a senadora Elizabeth Warren informou que endossará Brainard, mas votará contra Powell. Para ela, o líder da autoridade monetária teve "fracassos" nas áreas de regulação financeira, ética dos dirigentes do Fed e políticas para combate aos efeitos das mudanças climáticas.

"À medida que avançamos, usarei todas as ferramentas de supervisão ao nosso alcance para garantir que o Federal Reserve funcione para as famílias americanas e não para Wall Street", ressaltou.

Na sexta-feira, os senadores Sheldon Whitehouse e Jeff Merkley, ambos da legenda de Biden, haviam divulgado comunicado conjunto em que exortaram o presidente a nomear um profissional que garantisse a segurança do sistema financeiro. "Essa pessoa não é Jerome Powell", criticaram.

Escrito por:

André Marinho