Publicado 17 de Novembro de 2021 - 10h50

Por Thaís Barcellos e Eduardo Rodrigues

O secretário especial de Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia, Esteves Colnago, afirmou nesta quarta-feira que os parâmetros divulgados neste dia 17 de novembro pela Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia serão usados em mensagem modificativo da peça orçamentária de 2022, no começo de dezembro. Colnago ainda destacou que o governo segue mirando a consolidação fiscal.

"O governo em nenhum momento abandonou perspectiva de consolidação fiscal", disse ele, durante coletiva de imprensa para comentar a nova grade de parâmetros da Secretaria de Política Econômica (SPE).

A SPE atualizou as projeções de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2021 e 2022, de 5,3% para 5,1% e de 2,5% para 2,1%, respectivamente.

Para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador de inflação oficial, a estimativa passou de 7,90% para 9,70% este ano e de 3,75% para 4,70% no próximo.

Para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que reajusta o salário mínimo, a previsão subiu de 8,40% para 10,04% em 2021 e de 3,80% para 4,25% em 2022.

Escrito por:

Thaís Barcellos e Eduardo Rodrigues