Publicado 16 de Novembro de 2021 - 22h55

Por Estadão Conteúdo

Melhor defesa das Eliminatórias da América Sul, com apenas quatro gols sofridos, em 13 jogos disputados, o Brasil voltou a mostrar a tal solidez defensiva no empate sem gols diante da Argentina, na noite desta terça-feira, em San Juan, pela 14ª rodada. A força da defesa brasileira foi destacada pelo volante Fred, que fez mais uma grande exibição e tem cada vez mais se firmado entre os titulares do técnico Tite.

"Tivemos muito bem em todos os jogos do ano. Já estamos classificados para a Copa. É o que passamos sempre no vestiário, a solidez defensiva. É importante estarmos bem lá atrás para chegar lá na frente e fazer o gol. Hoje falhamos no terço final, mas é importante sair sem tomar gol. Mais uma grande partida para nós, agora é continuar trabalhando para chegar bem na Copa do Mundo", falou o volante.

Fred destacou a partida apresentada pela seleção brasileira e alfinetou a postura argentina durante os 90 minutos. O jogo foi o mais faltoso das Eliminatórias, com 41 faltas, 21 delas cometidas pela Argentina. Além disso, foram sete cartões amarelos, quatro para os donos da casa e três para os brasileiros.

"A Argentina é uma equipe que gosta de travar o jogo, eles batem muito, mas faz parte. Soubemos suportar e fizemos um grande jogo", finalizou o camisa 8.

Além de Fred, outro destaque pelo lado brasileiro foi Vinícius Júnior. O atacante do Real Madrid teve boa movimentação, criou algumas oportunidades de gol e foi o pivô do lance mais plástico. Ele aplicou uma carretilha em Molina. Mais cedo, no entanto, levou uma 'caneta' de Di María.

Com o resultado, o Brasil chega a 35 pontos e mantém a diferença de seis para a Argentina, na segunda colocação. Diferente da seleção brasileira, os 'hermanos' ainda não estão matematicamente classificados para a Copa do Mundo.

Escrito por:

Estadão Conteúdo