Publicado 16 de Novembro de 2021 - 22h16

Por Matheus Andrade

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, afirmou nesta quarta-feira, 10, que a União Europeia e os Estados Unidos devem apoiar economias em desenvolvimento a alcançar uma economia sem emissão de carbono. Em evento do Atlantic Council, em Washington, a alemã apontou que os EUA e o bloco estão do mesmo lado em uma série de pontos, como controlar temperatura do planeta e ter uma retomada verde.

Como exemplo de ação, von der Leyen disse que os países estão ajudando a África do Sul a criar empregos bem pagos ao mesmo tempo em que estão auxiliando na busca por uma economia mais verde. Outro tema que a presidente citou de ação comum foi o digital, pedindo uma Política Transatlântica para o tema. Um dos pontos destacados foi o de que "ambos precisamos de ficar menos dependentes de tecnologia no cenário internacional", incluindo como exemplo uma maior autossuficiência no tema dos chips.

Além disso, von der Leyen afirmou que é necessário buscar regras para plataformas digitais, e que Bruxelas e Washington têm visão de como elas "devem funcionar em sociedades abertas". Por fim, a alemã reforçou a vigilância pela democracia, no que foi "especialmente importante neste ano", apontando para "regimes autoritários que tentam nos afetar". Segundo ela, prova disso nos EUA foi a invasão do Capitólio em 6 de janeiro, e na UE, aqueles que "estão questionando princípios básicos da União".

Escrito por:

Matheus Andrade