Publicado 16 de Novembro de 2021 - 21h30

Por especial para o Estadão

Por Alisson Castro

A eleição na seccional amazonense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM) terminou nesta terça-feira, 16, com a vitória do advogado Jean Cleuter Simões Mendonça, da chapa 'OAB Unida', com 3.068 votos. Ele foi escolhido presidente da entidade ao derrotar o candidato Paulo Mafioletti, da Chapa 10, que somou 692 votos.

Mafioletti se apresentava como representante da ala conservadora dos advogados e gerou controvérsia ao criticar regras aprovadas no ano passado pelo Conselho Federal da OAB para garantir paridade racial e de gênero no processo eleitoral.

A gestão atual, iniciada com Marco Aurélio Choy, que deixou o cargo para assumir a vaga de procurador-geral do município de Manaus e foi sucedido pela vice-presidente Grace Benayon, encerra em 31 de dezembro. Jean assume em 1º de janeiro de 2022 e tem mandato até 2025.

"Quero agradecer o trabalho de cada um de vocês. Vamos trabalhar para garantir cada vez mais o fortalecimento da advocacia amazonense, disse Jean ao ser recepcionado pelos apoiadores no final da apuração.

Em Manaus, a votação ocorreu na Arena da Amazônia e terminou às 17h, no horário da capital. Houve ainda sessão eleitoral nos municípios de Parintins, Tefé, Manacapuru, Itacoatiara, Humaitá e Tabatinga.

Durante a votação, Jean Cleuter afirmou que vai apoiar a candidatura do advogado amazonense Alberto Simonneti para a presidência da OAB Nacional, cuja eleição está prevista para ocorrer em janeiro de 2022.

Escrito por:

especial para o Estadão Alisson Castro