Publicado 16 de Novembro de 2021 - 19h01

Por Estadão Conteúdo

Keno evitou entrar no clima de 'já ganhou'. Sereno, o atacante deixou claro que ainda não tem nada ganho e revelou o objetivo do Atlético Mineiro nesta reta final: tratar cada jogo como uma final. Foi na base desse lema que o clube alvinegro venceu o Athletico-PR por 1 a 0, na tarde desta terça-feira, na Arena da Baixada, e se aproximou ainda mais do tão sonhado título nacional.

"Primeiramente, agradeço a Deus por esta vitória importante. Conseguimos o nosso objetivo. Meus companheiros me ajudaram a ser o craque do jogo. Brasileiro é muito difícil, cada jogo é final. Foi o que aconteceu aqui hoje. A gente está focando em cada jogo. É difícil, mas vamos mostrar a cada jogo que queremos ser o time vencedor (do Brasileiro)", disse o atacante.

Apesar de ter acabado de vencer o Athletico, Keno mostrou que a cabeça está realmente no próximo compromisso. O Atlético Mineiro terá pela frente o Juventude no sábado, às 19h, no Mineirão. Uma vitória, combinada com possíveis tropeços do Flamengo, praticamente dá ao clube o título brasileiro que não acontece desde 1971, portanto, há 50 anos.

"Temos que descansar e começar a pensar no próximo jogo. Temos mais uma batalha sábado e precisamos fazer o que fizemos hoje, vencer, claro, respeitando sempre nosso adversário", concluiu.

Com Hulk e Diego Costa bem marcados, Keno acabou se transformando no protagonista da partida. Ele marcou um gol e criou as principais oportunidades atleticanas. Só não fez o segundo, porque a bola ficou na trave. No entanto, ele elogiou o desempenho de toda a equipe. "Estou aqui por causa da ajuda dos meus companheiros. Estamos todos de parabéns", concluiu.

Disparado na liderança do Brasileirão, o Atlético Mineiro chegou aos 71 pontos, 11 a mais do que o Flamengo, segundo colocado e principal concorrente ao título nacional com 60. O Palmeiras, na terceira posição, tem 58.

Escrito por:

Estadão Conteúdo