Publicado 16 de Novembro de 2021 - 14h22

Por Eliana Silva de Souza/AE

Segundo Camila, foram cerca de quatro meses em conversa virtual com a equipe da HBO. Mas a hora de olhar todos nos olhos está chegando e será já nesta quinta-feira, 18, quando ela viaja para Nova York, para participar do Emmy Internacional como convidada da emissora

Reprodução

Segundo Camila, foram cerca de quatro meses em conversa virtual com a equipe da HBO. Mas a hora de olhar todos nos olhos está chegando e será já nesta quinta-feira, 18, quando ela viaja para Nova York, para participar do Emmy Internacional como convidada da emissora

Camila Pitanga atingiu um patamar em sua carreira que a fez sentir necessidade de expandir seus horizontes. Após 25 anos trabalhando na Globo, surgiu em sua vida a oportunidade de vivenciar outras experiências. E foi assim que ela topou encarar o desafio de ir para o streaming da HBO Max, no qual estará em cena em algumas produções, mas será também responsável pela cocriação de outras.

Imensamente agradecida à casa que a acolheu desde muito jovem, a atriz deixa bem claro que está saindo de uma forma tranquila, com as duas partes entendendo que essa nova fase pode trazer muitos bons frutos para ambos. "Tudo que eu tenho, toda minha história, tem a ver com essa minha caminhada com a Globo", afirma, acreditando começar agora uma nova maneira de se relacionar. "Uma separação pode ser feita com muito amor, muito cuidado, respeito, gratidão, para se ganhar um novo contorno de aliança, é nisso que estou apostando."

Segundo Camila, foram cerca de quatro meses em conversa virtual com a equipe da HBO. Mas a hora de olhar todos nos olhos está chegando e será já nesta quinta-feira, 18, quando ela viaja para Nova York, para participar do Emmy Internacional como convidada da emissora. Além de estar no evento, ela ficará alguns dias para amarrar presencialmente esse novo caminhar, em diversos encontros. "Essa é uma oportunidade que estou tendo de desenvolvimento de carreira", diz ela, que assinou contrato de três anos com a empresa americana.

Escrito por:

Eliana Silva de Souza/AE