Publicado 16 de Novembro de 2021 - 10h55

Por Eduardo Gayer

O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta quinta-feira (11) o discurso do ex-juiz da Operação Lava Jato Sérgio Moro, feito ontem em evento para marcar sua filiação ao Podemos. "Eu assisti porque foi meu ministro. Não aprendeu nada. Um ano e quatro meses não sabe o que é ser presidente, nem ser ministro", declarou Bolsonaro a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.

Abandonando a promessa de nunca entrar na política eleitoral, Moro se filiou ao Podemos com a intenção de disputar a Presidência da República. Em tom de candidato, Moro criticou Bolsonaro, de quem foi ministro da Justiça, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Também prometeu uma força-tarefa para combater a pobreza e colocou-se "à disposição" para ajudar o País.

O chefe do Executivo ainda disse aos apoiadores que "está difícil" escolher um candidato para as eleições de 2022 em São Paulo, o maior colégio eleitoral do Brasil. "A gente não vê nome", afirmou. Bolsonaro deseja lançar como candidato ao governo paulista o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas - que resiste ao convite e prefere ser candidato ao Senado por Goiás.

Escrito por:

Eduardo Gayer