Publicado 15 de Novembro de 2021 - 22h50

Por Estadão Conteúdo

O Goiás deu mais um passo importante na briga pelo acesso na Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta segunda-feira, venceu o Remo, por 1 a 0, no Estádio Baenão, em Belém (PA), pela 36ª rodada. Alef Manga fez o único gol da partida no segundo tempo.

O Goiás chegou ao sétimo jogo sem derrota, sendo a segunda vitória consecutiva na competição. Sequência que colocou o time em terceiro lugar, agora com 61 pontos. Três pontos a mais que o Avaí (5º, com 58). O Remo é o 16º, com 41, mesma pontuação que o Londrina (17º) e com mais vitórias: 10 a 11.

A partida marcou a estreia do técnico Eduardo Baptista no Remo. O treinador estava no Mirassol-SP, com quem tem contrato para 2022, mas foi emprestado pelo time paulista para a reta final da Série B e da Copa Verde para substituir o desgastado Felipe Conceição.

O primeiro tempo foi bastante equilibrado e com poucas oportunidades de gol. O Remo assustou logo aos três minutos, quando David Duarte afastou mal e o atacante Matheus Oliveira finalizou forte para excelente defesa do goleiro Tadeu, que foi buscar no ângulo esquerdo.

Mas o Goiás não se intimidou e respondeu aos 13 minutos, quando Caio deu bom passe para Alef Manga e o atacante finalizou em cima do goleiro Vinícius. Com a partida equilibrada, os goianos seguiram no ataque e voltaram a assustar aos 33 minutos em chute de Rezende para fora.

Antes do intervalo o Remo esboçou pressão pelo primeiro gol, mas voltou a parar no goleiro Tadeu. Aos 38, Romércio aproveitou cobrança de escanteio e cabeceou forte, obrigando o camisa 1 goiano a fazer nova grande defesa.

Após o intervalo, o goleiro Tadeu seguiu salvando a pele do Goiás. Aos dois minutos, Victor Andrade recebeu na área, passou pela marcação e chutou para boa defesa, fazendo o adversário ser o melhor jogador em campo.

Apesar da ligeira superioridade do Remo, foi o Goiás que abriu o placar. Aos 22 minutos, Kevem não conseguiu interceptar passe de Bruno Mezenga e Alef Manga disparou em velocidade, sozinho. O atacante ficou cara a cara com o goleiro Vinícius e mandou para as redes.

A vantagem obrigou o Remo a se expor mais no ataque, enquanto o Goiás manteve sua forte marcação. O problema é que o time paraense teve dificuldade na criação das jogadas, tendo que apostar nas jogadas aéreas para buscar ao menos o empate.

Foram muitos cruzamentos nos minutos finais, mas a defesa do Goiás foi impecável e garantiu mais uma vitória importante na reta final da Série B.

O Remo volta a campo na sexta-feira para enfrentar o Vasco, às 19 horas, em São Januário, no Rio. Enquanto o Goiás jogará apenas na segunda-feira, dia 22, quando visitará o Guarani, às 20 horas, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

FICHA TÉCNICA

REMO 0 X 1 GOIÁS

REMO - Vinícius; Thiago Ennes, Romércio, Kevem (Marcos Júnior) e Igor Fernandes; Anderson Uchoa, Lucas Siqueira (Erick Flores) e Felipe Gedoz (Ronald); Matheus Oliveira (Rafinha), Neto Pessoa (Renan Gorne) e Victor Andrade. Técnico: Eduardo Baptista.

GOIÁS - Tadeu; Dieguinho (Matheus Salustiano), David Duarte, Reynaldo e Artur; Caio, Rezende, Luan Dias (Iago Mendonça) e Elvis; Alef Manga (Dadá Belmonte) e Nicolas (Bruno Mezenga). Técnico: Glauber Ramos.

GOL - Alef Manga, aos 22 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Douglas Schwengber da Silva (RS).

CARTÕES AMARELOS - Anderson Uchoa, Felipe Gedoz e Victor Andrade (Remo); Caio e Alef Manga (Goiás).

PÚBLICO E RENDA - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Baenão, em Belém (PA).

Escrito por:

Estadão Conteúdo