Publicado 14 de Novembro de 2021 - 18h45

Por Estadão Conteúdo

A máscara escondia o rosto, mas a expressão do atacante Luciano era de abatimento após o São Paulo levar 4 a 0 do Flamengo, na tarde deste domingo, em pleno Morumbi, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante não discordou das vaias dos quase 50 mil torcedores presentes no estádio e se desculpou pela péssima atuação da equipe comandada pelo técnico Rogério Ceni.

"Preciso pedir desculpas para essa torcida que apoiou do início ao fim. Todos nós fizemos um jogo ruim. Um clássico desse tamanho precisa de mais atenção, mas infelizmente acabamos perdendo. A torcida tem toda a razão de cobrar. Definitivamente, hoje, não viram um bonito futebol do São Paulo", falou Luciano.

Destaque do São Paulo na última temporada e importante na conquista do Paulistão, Luciano segue prestigiado pela torcida do São Paulo, diferentemente, por exemplo, do goleiro Tiago Volpi. Apesar de não ter falhado nos gols do Flamengo, o camisa 1 foi muito criticado e recebeu o apoio, em tom irônico, dos flamenguistas presentes no Morumbi.

Luciano, inclusive, segue ainda sem muita moral com o técnico Rogério Ceni. O atacante entrou em campo apenas no segundo tempo, quando o placar já apontava 3 a 0 para o Flamengo, que marcou o quarto aos nove minutos da etapa final com Michael. Em mais um pedido de desculpas, o atleta mostrou preocupação já para o clássico contra o Palmeiras.

"Precisamos focar agora no jogo contra o Palmeiras. Peço desculpas, mas temos que buscar os três pontos no clássico para nos reabilitar no Brasileirão", concluiu.

Os jogadores deixaram o campo neste domingo debaixo de vaias e com duras críticas. Parte da torcida pediu respeito com a camisa do São Paulo, enquanto uma organizada chegou a cantar o hino para evitar um baque ainda maior. No entanto, o São Paulo segue com uma boa 'gordura' da zona de rebaixamento, mas viu a Libertadores ficar mais distante.

O time paulista tem 38 pontos e começa, a partir desta segunda-feira, a focar no duelo contra o Palmeiras, marcado para esta quarta-feira, às 20h30, no Allianz Parque, em São Paulo.

Escrito por:

Estadão Conteúdo