Publicado 14 de Novembro de 2021 - 18h26

Por Estadão Conteúdo

O Brasil segue sendo uma das referências no skate street mundial. Se Pâmela Rosa e Raíssa Leal dominaram no feminino, Lucas Rabelo representou o País na etapa masculina. Após ultrapassar o compatriota e medalhista olímpico Kelvin Hoefler na última manobra, o cearense brilhou nas duas manobras finais para ser vice-campeão mundial em Jacksonville, na Flórida. O título ficou com Jagger Eaton, dos Estados Unidos.

Lucas Rabelo disputou a fase final com os americanos Jagger Eaton e Nyjah Huston, além do português Gustavo Ribeiro. Enquanto seus adversários erraram nas duas manobras, o brasileiro brilhou, ganhou 9.3 e 9.1 dos jurados e levou o Brasil para a segunda colocação na última etapa da Street League Skateboarding (SLS).

Os demais brasileiros não tiveram tanta sorte. Kelvin Hoefler, que deixou o top-4 justamente para dar lugar a Lucas Rabelo, terminou na quinta colocação. Já Felipe Gustavo terminou na sétima posição.

Lucas Rabelo foi o melhor entre os brasileiros na volta de 1min45s, com uma nota 7.7. No entanto, foi brilhar apenas nas últimas manobras, terminando com 25.3 pontos, ultrapassando Kelvin Hoefler, que somou 24.7. Felipe Gustavo foi eliminado com 13.3 pontos.

Apesar da ascensão de Lucas Rabelo nas manobras finais, Jagger Eaton teve apenas que administrar sua vantagem conquistada nas primeiras cinco manobras. O americano errou suas duas manobras finais e só foi ameaçado pelo brasileiro, que tinha esperança de conseguir uma nota 9.4 na última apresentação, mas o 9.1, combinado com as quedas de Gustavo Ribeiro e Nyjah Huston, deram o triunfo a Eaton.

Escrito por:

Estadão Conteúdo