Publicado 13 de Novembro de 2021 - 20h46

Por Estadão Conteúdo

A seleção brasileira voltou aos treinos no fim da tarde deste sábado, após os jogadores ganharem folga na sexta-feira. As atividades foram na Academia de Futebol do Palmeiras, onde os comandados de Tite seguirão preparação até a próxima segunda-feira. Com a classificação antecipada já garantida, o Brasil foca no clássico diante da Argentina, em San Juan, na próxima terça. O volante palmeirense Fabinho Freitas, do time sub-20, foi chamado para completar os treinos do dia, assim como havia acontecido com alguns atletas das categorias de base do Corinthians, que recebeu a seleção durante a preparação para a última partida contra a Colômbia.

Na escalação para o clássico contra os argentinos, que venceram o Uruguai na sexta-feira e também estão invictos, outro Fabinho, o volante do Liverpool, deverá ganhar espaço nos 11 atletas iniciais. Isso porque o volante Casemiro recebeu o terceiro cartão amarelo e precisará cumprir suspensão.

Por conta do desfalque, Edenilson, do Internacional, também foi convocado de última hora. O jogador só se apresentará neste domingo, já que jogou pelo time gaúcho diante do Athletico-PR neste sábado.

A preparação seguirá com novo treino no CT do Palmeiras neste domingo, às 16h. Na segunda-feira, o Brasil fará atividades pela manhã no mesmo local e depois, na parte da tarde, embarca para a Argentina. A expectativa é de que o clássico tenha fortes emoções devido à final recente da Copa América, ganha pelos companheiros de Lionel Messi, e também por conta do jogo de ida das eliminatórias entre as duas seleções, que foi interrompido por fiscais da Anvisa e policiais federais.

O caso irá a julgamento e, com a provável classificação antecipada também da Argentina, que pode ocorrer contra o Brasil, existe a possibilidade de que o confronto nem chegue a ser remarcado. Os dois países já apresentaram suas defesas e aguardam julgamento da Fifa. A CBF espera obter os três pontos da partida no tribunal.

Mesmo com a classificação para o mundial do Catar garantida, o zagueiro Marquinhos reforçou a importância dos próximos jogos das Eliminatórias para a preparação do Brasil. O jogador do PSG destacou a dificuldade dos jogos no principal evento futebolístico do mundo.

"A gente está pronto! Basta seguir trabalhando e a gente ainda tem alguns jogos das Eliminatórias e precisamos cumprir com muita excelência e compromisso, porque sabemos que a Copa do Mundo chega muito rápido e não tem tempo para se preparar. Então, apesar de estarmos classificados, temos de manter a nossa crescente de produção para que possamos chegar firmes e prontos nessa Copa do Mundo, porque são jogos muito difíceis. Esses jogos vão servir pra isso", disse Marquinhos.

Com 34 pontos, o Brasil lidera as Eliminatórias Sul-Americanas. A Argentina está na segunda colocação, com 28 pontos conquistados. No momento, Equador e Chile completam as quatro vagas para o mundial, enquanto a Colômbia vai para a repescagem.

Escrito por:

Estadão Conteúdo