Publicado 13 de Novembro de 2021 - 20h09

Por Estadão Conteúdo

O meio-campista Vinicius Zanocelo reafirmou a importância do confronto direto com o Atlético-GO, que terminou empatado por 0 a 0 neste sábado, e valorizou o ponto conquistado fora de casa pelo Santos devido às circunstâncias do jogo. O confronto pela 32ª rodada do Brasileirão foi prejudicado pelas fortes chuvas que caíram na cidade de Goiânia e afetaram a qualidade do gramado durante os 90 minutos.

"Claro que todos tratamos os jogos como final, temos que colocar o Santos onde merece estar, mas no primeiro tempo não teve jogo para nenhum dos dois, no segundo foi muito bate e volta da bola. Queríamos a vitória, mas é um ponto importante no campeonato", afirmou Vinícius Zanocelo após a partida.

Ainda no intervalo do jogo, Felipe Jonatan reclamou do gramado encharcado do estádio Antônio Accioly, que prejudicou a criação de jogadas das duas equipes. O início da partida da capital goiana chegou a ser atrasado por 10 minutos. "Campo está atrapalhando muito, vem prejudicando muito a gente. Eles estão acostumados com o gramado", disse.

Como a chuva deu uma trégua na segunda metade do confronto, o Atlético-GO até dominou um pouco mais as ações ofensivas da partida, mas não foi o suficiente para tirar o zero do placar. O empate é ruim para as duas equipes na luta contra o rebaixamento. Ao contrário do Atlético-GO, que não vence há quatro rodadas (três derrotas e um empate), o Santos consegue ver o resultado de uma forma mais positiva, já que nos últimos cinco jogos teve desempenho de três vitórias, um empate e uma derrota.

Com o ponto somado neste sábado, o Santos chega a 39, mas pode ver a diferença para a zona de rebaixamento diminuir, caso o Juventude vença a lanterna Chapecoense no complemento da rodada neste domingo. No momento, o time alvinegro possui uma vantagem de seis pontos para o Z4, que poderá passar a ser de apenas três. O Atlético-GO termina a rodada com 38 pontos.

Escrito por:

Estadão Conteúdo