Publicado 13 de Novembro de 2021 - 16h10

Por Estadão Conteúdo

Dois principais nomes da bola parada do Palmeiras, Raphael Veiga e Gustavo Scarpa marcaram na vitória sobre o Atlético-GO por 4 a 0 na última rodada

Cesar Greco/ Palmeiras

Dois principais nomes da bola parada do Palmeiras, Raphael Veiga e Gustavo Scarpa marcaram na vitória sobre o Atlético-GO por 4 a 0 na última rodada

O elenco do Palmeiras realizou, na manhã deste sábado, treino técnico e os últimos ajustes para o jogo contra o Fluminense, no domingo. Antes da viagem para o Rio, os comandados de Abel Ferreira aprimoraram transições e situações de jogo, e parte da atividade foi focada nas bolas paradas.

O treino na Academia de Futebol foi iniciado com uma atividade técnica em campo reduzido, com toques limitados na bola. Depois Abel organizou simulações de jogo e trabalhou jogadas ofensivas com ajuda dos auxiliares. Parte dos jogadores aperfeiçoou cobranças de bolas paradas de ataque e também de defesa.

Dois principais nomes da bola parada do Palmeiras, Raphael Veiga e Gustavo Scarpa marcaram na vitória sobre o Atlético-GO por 4 a 0 na última rodada. Veiga comentou sobre os ensaios dele com Scarpa durante os treinamentos e contou por que deu a bola para o companheiro cobrar o pênalti do terceiro gol alviverde na partida.

"A gente treina junto há muito tempo, bastante nas faltas e nos pênaltis. Eu já tinha feito gol, ele tinha dado duas assistências. Eu achei importante dar a bola para ele na hora do pênalti para ele fazer esse gol e a confiança aumentar. Conforme todo mundo fica mais confiante, quem vai ganhar com isso é o Palmeiras no decorrer do ano e também no jogo do dia 27 (dia da final da Libertadores)", contou Raphael Veiga.

O lateral-esquerdo Jorge trabalhou normalmente com o restante do elenco neste sábado, assim como havia feito nos últimos dias. O jogador está em fase final de transição física e pode voltar a campo contra o Fluminense. O último jogo de Jorge foi contra o Bahia, no dia 12 de outubro. Desde então, o lateral ficou fora de seis partidas do time.

Atual vice-líder do Brasileirão, o Palmeiras tem os desfalques do lateral-esquerdo Piquerez e do zagueiro Gustavo Gómez, que estão com as seleções de Uruguai e Paraguai, respectivamente, na disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo. Com 58 pontos, o Palmeiras segue tentando diminuir a diferença de 10 para o líder Atlético-MG, com quem ainda terá um confronto direto. O alviverde busca a sétima vitória seguida nesta 32ª rodada.

Escrito por:

Estadão Conteúdo