Publicado 13 de Outubro de 2021 - 21h33

Por Estadão Conteúdo

Marinho reclamou muita da arbitragem após a derrota do Santos, por 3 a 1, de virada, para o Atlético-MG, nesta quarta-feira, no Mineirão. O atacante também demonstrou preocupação com a situação da equipe de Vila Belmiro, que luta para fugir do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, ao apontar que cada partida restante na competição deve ser encarada como uma 'final'.

"Um pênalti que é meio duvidoso, porque o meia deles cabeceou sozinho. Não tem vantagem. O segundo, numa falta que eu não entendi muito bem. E depois o árbitro começou a minar o jogo também. É difícil não falar de arbitragem aqui", disse Marinho, ainda no gramado.

O atleta, um dos líderes do time santista, também falou do apoio que espera ter do torcedor nas partidas decisivas a serem disputadas. "O torcedor está com a gente, corremos, mas temos coisas a acertar. Bola para a frente, só temos final até o fim do campeonato."

O atacante também criticou a postura do time, que propiciou os gols atleticanos. "Um pouco de desatenção em uma bola que a gente treinou tanto. Sabíamos que o forte deles era a bola parada. Mas temos que jogar cada jogo uma final."

Escrito por:

Estadão Conteúdo