Publicado 13 de Outubro de 2021 - 7h38

Por Estadão Conteúdo

A Turquia ratificou nesta quarta-feira, 6, o acordo climático de Paris, unindo-se à luta global contra as mudanças climáticas. Os legisladores presentes no Parlamento foram unânimes na aprovação, que se dá semanas antes da cúpula do clima das Nações Unidas, a COP 26.

Embora tenha sido um dos primeiros países a assinar o Acordo de Paris em 2016, a Turquia evitou ratificá-lo até o momento, pois buscava ser reclassificada como um país em desenvolvimento em vez de desenvolvido. Assim, evitaria metas de redução de emissões mais severas e poderia se beneficiar do apoio financeiro. Irã, Iraque, Eritreia, Líbia e Iêmen também não o ratificaram.

Além de anteceder a COP 26, que começa em 31 de outubro em Glasgow, na Escócia, a aprovação se dá na esteira de uma série de desastres naturais e eventos climáticos extremos que atingiram o país e, em grande parte, foram atribuídos às mudanças climáticas. Dentre os eventos ocorreram secas, os piores incêndios florestais na história do país e inundações que acarretaram em mortes. Especialistas em clima alertaram que a bacia do Mediterrâneo, que inclui a Turquia, enfrenta o risco de seca severa e desertificação. Fonte: Associated Press.

Escrito por:

Estadão Conteúdo