Publicado 11 de Outubro de 2021 - 21h02

Por Luana Pavani

O leilão de frequências de telecomunicações 5G, que está marcado para 4 de novembro, deve atrair muitos interessados, na opinião do ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD-RN). Um deles, diz, seria o empresário bilionário Elon Musk, fundador da Tesla, entre outras empresas.

Segundo o ministro, em suas rodadas de conversa sobre o 5G com bancos de investimento estrangeiros surgiu uma possibilidade de ponte com o homem mais rico do mundo, ao apresentar o projeto de colocar fibra ótica na Amazônia.

"Fiz a propaganda do 5G no mundo todo. Todo mundo quer bancar a Rede Norte Conectado. Porque vai colocar fibra ótica na Amazônia subfluvial sem cortar um galho de árvore", afirmou Faria durante o programa Veja on Air, que contou com a participação da Agência Estado na bancada. "Isso para empresas de fora é algo extraordinário, aliar internet com sustentabilidade."

O grupo de Musk, segundo um desses bancos com quem Faria conversou numa reunião recente em Nova York, gostaria de conversar sobre fornecimento de internet no Brasil via satélite, que seria um dos mercados que o empreendedor estaria olhando. "Falei com o embaixador dos Estados Unidos para entrarmos em contato", disse Faria.

Para implementação do 5G, Faria afirmou que "virá muito dinheiro para o Brasil". No mercado interno, como ferramenta de incentivo para a implantação dos investimentos, o ministro citou opções como debêntures incentivadas.

Escrito por:

Luana Pavani