Publicado 09 de Outubro de 2021 - 15h46

Por Estadão Conteúdo

Nove clubes da Série A do Campeonato Brasileiro ingressaram no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com uma Notícia de Infração contra o Sport por suposta escalação irregular do zagueiro Pedro Henrique. O pedido é assinado por América-MG, Atlético Goianiense, Bahia, Ceará, Chapecoense, Cuiabá, Grêmio, Juventude e Santos e foi encaminhado para a análise da Procuradoria de Justiça Desportiva neste sábado.

Contratado junto ao Internacional para a sequência do Brasileirão, Pedro Henrique, que já havia feito cinco jogos pela equipe gaúcha e esteve nove vezes no banco de reservas do time colorado. Mas, em duas dessas oportunidades, ele tomou cartão amarelo, o que caracteriza presença de jogo e não poderia mais atuar por nenhum clube da Série A, uma vez que um atleta só pode fazer até seis jogos oficiais por uma equipe antes de se transferir.

O Sport pode ser punido com a perda de três pontos e mais a pontuação obtida nas partidas em que Pedro Henrique foi a campo com a camisa rubro-negra, de acordo com o Art. 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Os advogados do clube trabalham para evitar a penalização no campeonato.

O potencial equívoco cometido pelo departamento de futebol do Sport na escalação do atleta ocorreu junto com outros graves erros. A cúpula perdeu o prazo de inscrição de quatro reforços no Brasileirão - o goleiro Saulo, o lateral-direito Jeferson, o volante Nicolás Aguirre e o atacante Vander Vieira. Os episódios culminaram na destituição do vice-presidente Nelo Campos e dos diretores Augusto Moreira, Gabriel Campos, Guilherme Falcão e Rocine Millet.

Tentando se recuperar no Brasileirão, o Sport recebe o Corinthians neste sábado, na Arena Pernambuco, no Recife. O time rubro-negro é o vice-lanterna com 23 pontos. Faltando 13 rodadas para o fim da competição, uma punição poderia decretar a queda da equipe para a Série B de 2022.

Escrito por:

Estadão Conteúdo