Publicado 08 de Outubro de 2021 - 23h57

Por Estadão Conteúdo

Com início arrasador e dois gols em sete minutos de jogo, o Cruzeiro surpreendeu o líder Coritiba e venceu por 3 a 0 na noite desta sexta-feira, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os gols dos mineiros foram marcados por Giovanni, Adriano e Eduardo Brock.

A derrota manteve o Coritiba na primeira posição, com 54 pontos. O problema é que agora o time está a apenas três pontos do vice-líder Botafogo, que venceu o CRB nesta noite, por 2 a 0, no Rio, e chegou aos 51 pontos. Já o Cruzeiro, que havia vencido o Brasil-RS na última rodada, emplacou a segunda vitória consecutiva e respira com mais tranquilidade contra a zona de rebaixamento. Os mineiros assumiram a 11ª posição, com 38 pontos.

Fora de casa, o Cruzeiro teve início avassalador e fez dois gols em sete minutos. Logo aos dois, Giovanni aproveitou sobra dentro da área, passou pela marcação e finalizou forte. Depois, aos sete, Vitor Leque cruzou rasteiro e Adriano, livre de marcação, chutou por baixo de Wilson.

Somente a partir dos dez minutos que o Coritiba conseguiu impor seu ritmo em campo. Os paranaenses tiveram maior posse de bola, mas encontraram muitas dificuldades de passar pela forte marcação do Cruzeiro, que por sua vez adotou a cautela e priorizou os contra-ataques. E foi assim que os mineiros quase marcaram o terceiro. Aos 26, Lucas Ventura saiu em velocidade e tocou para Giovanni. Com espaço para carregar a bola, ele preferiu finalização de longe e mandou à direita de Wilson, assustando o torcedor alviverde na arquibancada.

Os minutos foram passando e o Coritiba seguiu com dificuldades na criação das jogadas. O que forçou os paranaenses apostarem nas jogadas aéreas em busca de Léo Gamalho, todas sem sucesso até o intervalo.

No segundo tempo, o Coritiba seguiu no ataque, porém, viu o Cruzeiro fazer o terceiro gol. Após cruzamento da esquerda, o zagueiro Eduardo Brock subiu sozinho e cabeceou firme, sem chances de defesa para o goleiro Wilson.

A sexta-feira definitivamente não era para o Coritiba, que teve a chance de descontar no placar. Aos 20, Ramon colocou a mão na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Vice-artilheiro da Série B com 12 gols, Léo Gamalho cobrou e Fábio defendeu com o pé esquerdo, garantindo os 3 a 0 no placar para os mineiros.

O placar não alterou a forma de os times atuarem em campo. O Coritiba seguiu com a bola, mas sem efetividade e devendo na criação. Já o Cruzeiro manteve sua marcação impecável e saiu de campo com mais três pontos.

O Coritiba volta a campo no sábado, dia 16, para enfrentar o Vasco, às 16h30, em São Januário, no Rio. Já o Cruzeiro joga na terça-feira, quando recebe o Botafogo, às 21h30, no Independência, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 0 X 3 CRUZEIRO

CORITIBA - Wilson; Natanael, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; William Farias (Matheus Sales), Val (Guilherme Azevedo) e Robinho; Rafinha (Biel), Léo Gamalho e Igor Paixão (William Alves). Técnico: Gustavo Morínigo.

CRUZEIRO - Fábio; Rômulo, Ramon, Eduardo Brock e Matheus Pereira (Keké); Adriano, Lucas Ventura (Ariel Cabral) e Giovanni; Bruno José (Felipe Augusto), Thiago e Vitor Leque (Léo Santos). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

GOLS - Giovanni, aos dois, e Adriano, aos sete minutos do primeiro tempo; Eduardo Brock, aos 15 do segundo.

ÁRBITRO - Marieldon Alves Silva (BA).

CARTÕES AMARELOS - William Farias e Guilherme Azevedo (Coritiba) e Ramon, Matheus Pereira, Ariel Cabral e Bruno José (Cruzeiro).

PÚBLICO E RENDA - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Escrito por:

Estadão Conteúdo