Publicado 08 de Outubro de 2021 - 21h20

Por Estadão Conteúdo

Com um homem a menos desde os 42 minutos do primeiro tempo, o Vila Nova suportou a pressão do Remo e venceu por 1 a 0, na noite desta sexta-feira, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA), em Goiânia, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A vitória comprova o bom momento do time goiano, que chegou ao quinto jogo sem derrota - sequência com três vitórias e dois empates - e subiu para o 12º lugar, com 37 pontos, após já figurar na zona de queda. São sete pontos a mais que o Londrina (17º), primeiro no Z-4. Já o Remo chegou ao terceiro jogo sem vitória e está cada vez mais distante da briga pelo acesso. Os paraenses ocupam a 10ª posição, com 38 pontos.

O Vila Nova começou pressionando o Remo e abriu o placar logo aos 12 minutos. Arthur Rezende começou a jogada e lançou o atacante Alesson. O jogador ganhou da marcação na velocidade e chutou forte, cruzado. A bola bateu na trave e parou no fundo das redes do goleiro Thiago Coelho.

O Remo conseguiu equilibrar a partida, mas teve pouca efetividade no ataque. Ainda assim, os paraenses foram beneficiados aos 42 minutos, quando Bruno Collaço, do Vila Nova, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Com um homem a mais, os paraenses tiveram melhora considerável.

Antes do intervalo, aos 43, Matheus Oliveira cobrou falta da direita e Rafael Jansen cabeceou para fora. O detalhe é que o zagueiro Kevem ficou reclamando de um puxão dentro da área, mas o lance foi revisado pelo VAR e nada foi marcado, sendo a última oportunidade do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o Remo teve mais posse de bola e pressionou o Vila Nova pelo empate. E ele quase saiu aos 25 minutos, quando Neto Pessoa recebeu na entrada da área, tirou da marcação e finalizou colocado. O goleiro Georgemy pulou no canto direito e fez ótima defesa.

O Vila Nova ficou refém dos contra-ataques e poderia ter selado a vitória aos 29 minutos, quando Alesson recebeu ótimo passe na área e tentou fazer um belo gol de calcanhar, mas a zaga travou sua finalização.

O Remo ainda pressionou na reta final do segundo tempo, mas esbarrou numa noite inspirada do goleiro Georgemy. Aos 45 minutos, Lucas Tocantins cruzou da esquerda e Victor Andrade cabeceou para ótima defesa do camisa 1. Sufoco para o Vila até o esperado apito final.

O Vila Nova volta a campo na sexta-feira para enfrentar o Brasil-RS, às 21h30, no Bento Freitas, em Pelotas (RS). Enquanto o Remo, no mesmo dia, mas às 16 horas, visita o Brusque, no Augusto Bauer, em Brusque (SC).

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA 1 X 0 REMO

VILA NOVA - Georgemy; Moacir, Renato Silveira, Rafael Donato e Bruno Collaço; Deivid (Pedro Bambu), Dudu e Arthur Rezende (Pedro Júnior); Kelvin (Diego Tavares), Clayton (Xandão) e Alesson (André Krobel). Técnico: Higo Magalhães.

REMO - Thiago Coelho; Thiago Ennes (Pingo), Kevem, Rafael Jansen (Ronald) e Raimar; Arthur (Lucas Tocantins), Lucas Siqueira (Neto Pessoa) e Marcos Júnior; Matheus Oliveira, Felipe Gedoz (Jefferson) e Victor Andrade. Técnico: Felipe Conceição.

GOL - Alesson, aos 12 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza (SP).

CARTÕES AMARELOS - Georgemy, Dudu e Clayton (Vila Nova) e Marcos Júnior (Remo).

CARTÃO VERMELHO - Bruno Collaço (Vila Nova).

PÚBLICO E RENDA - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO).

Escrito por:

Estadão Conteúdo