Publicado 16 de Setembro de 2021 - 9h09

Por Associated Press

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta quinta-feira, 16, que dezenas de funcionários de seu gabinete foram infectados pela covid-19 e que ele permanecerá isolado por causa do surto.

Dias atrás, o Kremlin anunciou que Putin começaria um período de isolamento após alguém de seu círculo ter sido infectado, embora o presidente tenha testado negativo para a doença e sido totalmente vacinado com o imunizante Sputnik V, produzido localmente.

Nesta quinta, porém, Putin afirmou que há uma série de casos próximos.

"Casos de coronavírus foram identificados no meu ambiente imediato, e não se trata de uma ou duas pessoas, mas de várias dezenas. Agora, teremos de cumprir o regime de isolamento por vários dias", afirmou o presidente russo em vídeo.

Embora a Rússia tenha sido o primeiro país a aplicar vacinas contra a covid-19, menos de 30% de sua população foi totalmente imunizada.

Segundo força-tarefa russa para o coronavírus, o país já registrou cerca de 7,2 milhões de casos da doença, com 195.835 mortes.

Escrito por:

Associated Press